menu
Topo

Beleza


Beleza

56% das brasileiras ainda temem o envelhecimento do rosto, aponta pesquisa

iStock
Imagem: iStock

da Universa, em São Paulo

2019-04-24T13:30:00

24/04/2019 13h30

Apesar de 83% das mulheres brasileiras cuidarem de suas peles motivadas por sentimentos de prazer, 6 a cada 10 ainda estão insatisfeitas com a região do rosto. E 56% ainda temem e se preocupam a ponto de tentar minimizar os sinais do envelhecimento da face.

A conclusão é de uma pesquisa feita pela Avon em parceria com o instituto IBOPE Conecta, divulgada nesta quarta-feira (24), e que ouviu 1.000 mulheres entre 25 e 60 anos de todas as regiões do país.

Apesar do prazer e interesse no assunto, já que a pesquisa concluiu que as mulheres leem sobre cuidados com a pele, uma parte significativa das mulheres -- 36% -- não entende bem o assunto e tem dificuldade de estabelecer uma rotina de cuidados com a pele. 34% ainda responderam que investem em cuidados básicos apenas quando lembram.

Entre as ouvidas, as mulheres mais jovens são as que demonstram mais insatisfação com sua pele (61%) e as que menos conhecem o próprio tipo de pele. Mesmo entre aquelas que a conhecem, poucas (38%) sabem aplicar a rotina de manutenção adequada a ele. A prova disto é que quase um terço das brasileiras recorre apenas à combinação de água e sabonete corporal para a limpeza do rosto. Em casa, elas ainda priorizam a limpeza de pele, mas deixam de lado hidratantes e antissinais.

Ao procurarem por tratamentos, as participantes ainda afirmaram preferir soluções que se alinhem ou destaquem a ideia de beleza natural. Nas clínicas, os procedimentos mais buscados são limpeza de pele (55%) e esfoliação (41%). Aplicações de botox, por exemplo, são uma opção apenas para menos de 10% das mulheres.