menu
Topo

Direitos da mulher


Rede de TV italiana propõe canais divididos por gênero e causa revolta

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Da Universa

2019-04-20T15:57:09

20/04/2019 15h57

Uma nova estratégia da rede estatal italiana de TV RAI causou polêmica no país. A reorganização dos canais geraria um voltado para programas e filmes voltado para homens e outro, para mulheres.

Segundo um porta-voz da rede ao jornal britânico The Guardian, a oposição de grupos de mulheres e do público em geral fez com que a empresa desistisse da divisão. "A controvérsia é ridícula. Há muitos canais com ênfase em uma faixa etária e gênero. Rambo, por exemplo, tem mais apelo ao público masculino", diz.

"O plano não era discriminar. Nunca pensamos em criar um RAI Homem e um RAI Mulher. Isso seria ofensivo", disse a fonte.

Salvatore Margiotta, senador de centro que participa de um comitê da rede, considera um alinhamento com o governo atual, considerado machista, homofóbico e até mesmo simpático ao fascismo.