menu
Topo

Pausa

Pare, respire e olhe o mundo ao redor


Julia Konrad: "Quanto mais trocamos com outras mulheres, mais fácil fica"

David Ludolf
Juliana Konrad Imagem: David Ludolf

Débora Miranda

Colaboração para Universa

2019-04-19T04:00:00

19/04/2019 04h00

"Acho importante ter uma voz ativa." A frase de Julia Konrad, a Raimunda de "O Sétimo Guardião", descreve o espírito contestador da atriz de 28 anos. Com mais de 400 mil seguidores no Instagram, Julia costuma usar a rede social para falar de assuntos que considera importantes, como feminismo e aceitação.

"As redes sociais se transformaram em espaço de debate e de propagação de coisas que não são exatamente verdadeiras. Por isso é preciso muito cuidado, especialmente quando falamos para uma audiência grande, como é o meu caso. É uma responsabilidade grande. Mas ao mesmo tempo eu acho que é uma ferramenta muitíssimo importante para realmente se posicionar, dar exemplo e compartilhar todo tipo de experiência, afirma a atriz que, recentemente, chamou a atenção ao publicar uma foto sem maquiagem, revelando problemas com acne.

"Há, nas redes sociais, uma quantidade grande de imagens alteradas, que reforçam um padrão de beleza que não é alcançável nem real. Você olha no Instagram e parece que todo o mundo é lindo e sarado. Acho importante mostrar corpos reais e peles reais."

A atriz, que saiu em defesa da colega Bruna Linzmeyer (sua irmã na trama das nove da Globo) quando ela decidiu defender que mulheres não precisem se depilar, diz que a troca de experiências é importante para empoderar as mulheres.

"É muito bacana poder ajudar o outro compartilhando. Uma das coisas mais importantes é a troca de experiências reais. Porque as mulheres finalmente estão falando, expondo, questionando padrões. É um processo constante e, quanto mais a gente troca uma com a outra, mais fácil fica."

Julia está gravando também a quarta e última temporada da série "Contra Todos", da Fox, na qual vive uma boliviana e, em cena, fala espanhol o tempo todo. "A série, principalmente na América Latina, faz sucesso. É a segunda maior audiência da Fox depois de 'The Walking Dead'", celebra a atriz, que já se mostra saudosa também pelo fim de "O Sétimo Guardião".

"Reta final de trabalho sempre dá aquela nostalgia. Ficamos todos juntos ali por dez meses e formamos uma grande família", conta. O elenco da novela das nove precisou enfrentar um momento de turbulência quando, em fevereiro, Débora Nascimento anunciou que estava se separando de José Loreto e surgiram boatos de que o motivo era uma relação dele com Marina Ruy Barbosa, ambos protagonistas de "O Sétimo Guardião".

"A gente estava meio que tentando respeitar o momento de cada um deles e dar o suporte necessário também. É como falei, a gente virou uma grande família e, por incrível que pareça, esse episódio acabou unindo mais todo o mundo. Estávamos nos acolhendo e torcendo para que tudo desse certo e se ajeitasse", conta Julia.

A atriz também estará, a partir de maio, no filme "Kardec", dirigido por Wagner de Assis, e planeja para o segundo semestre se lançar como cantora. "Estou prestes a lançar a minha carreira musical, que é um sonho há um tempo já. Estou nesse projeto com o Barro, que é um artista recifense, tenho composto e vou lançar o primeiro single."

Antes disso, no entanto, Julia pretende tirar férias e viajar. Mas deve continuar online se posicionando com relação a assuntos que ela considera importantes. "Como cidadãos é extremamente importante exercermos o direito de cobrar nossos governantes. A gente precisa falar, a gente precisa cobrar. Muitas vezes, esquecemos que, na democracia, os governantes estão lá por causa do nosso voto. E eles têm que responder a gente, precisam ter responsabilidade."

Mais Pausa