menu
Topo

Transforma

Mulheres protagonizam um mundo em evolução


Isabella Santoni: "Menstruação é a hora em que a mulher se conecta consigo"

Midori De Lucca
Imagem: Midori De Lucca

Carolina Martins

Colaboração para Universa

2019-04-17T21:42:12

17/04/2019 21h42

A gente precisa deixar de tratar a menstruação como um tabu. Essa é a opinião de Isabella Santoni, que falou sobre o assunto em entrevista à Universa nesta quarta-feira (17) durante o evento da Pantys.

No bate-papo, a atriz, de 23 anos, relembrou a primeira vez que menstruou e conversou com a mãe sobre o assunto, confessando ter entrado em pânico por ser muito "molecona".

"Eu tinha 13 anos quando menstruei e fiquei desesperada. Não tinha noção nenhuma! Falei para ela que nunca ia crescer, nunca ia poder sentar de perna aberta, entrar na piscina. Na minha cabeça, meu mundo tinha acabado. Foi um pânico de criança", relembra.

Conexão com o próprio corpo

Atualmente, com mais maturidade, Isabella vê o período de menstruação como um momento para a mulher se conectar com ela mesma.

"Eu sinto que a menstruação é um momento em que o corpo pede para a mulher parar e se conectar com ela mesma. A gente sente dor, não dá vontade de fazer as coisas. Eu me escuto, cuido do meu corpo. A menstruação serve para a gente se escutar, eu sinto isso. Mas ao mesmo tempo eu não deixo de fazer nada do que eu gosto. Não deixo de surfar, por exemplo. Em Noronha, eu virei o ano no ápice da menstruação, surfei horrores e isso não foi uma questão para mim. É importante poder falar menstruação, desmistificar. É preciso falar sobre esse assunto", opina.

TPM

A atriz contou ser adepta do DIU, pequeno objeto de plástico em formato de T inserido no útero para atuar como contraceptivo, e não usar a dose hormonal por considerar agressiva para o próprio corpo.

"Eu uso DIU de cobre há uns dois anos porque eu quis parar de tomar o hormônio por achar agressivo para o meu corpo. Meu fluxo hoje em dia é muito maior, em razão do método contraceptivo. Fico uns 5 dias menstruadas, mas é algo que eu lido bem. Tenho muita cólica, mas tomo remédio e fico quietinha... Faço atividades! Vai de mulher para mulher, cada uma tem seu corpo. Eu adoro fazer drenagem quando estou menstruada. É importante ter esse carinho com o próprio corpo", conclui.

Mais Transforma