menu
Topo

Fofuras


Menina de 6 anos comove ao abrir mão de lanche para ajudar morador de rua

Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

Gustavo Frank

Da Universa

2019-04-04T15:03:36

04/04/2019 15h03

Nicoly, de 6 anos, é a protagonista de um vídeo visualizado por mais de 240 mil pessoas só no Twitter. Nas imagens, filmadas pelo pai da garotinha, o coreógrafo Jefferson Chaves, ela aparece ajudando um morador de rua com um prato de refeição no Rio de Janeiro.

Na gravação, o pai solo, de 29 anos, questiona por que a filha "está bolada". Ela responde, então, que gostaria de dar um lanche para um morador de rua que estava pedindo comida.

"Eu só tenho dinheiro para um lanche. Se eu comprar para ele, você vai ficar sem", diz o pai. "Mas eu tenho biscoito em casa", responde a menina.

À Universa, Jefferson contou que faz trabalhos filantrópicos há dois anos. Orgulhoso da filha, ele acredita que ela provavelmente não tem dimensão do impacto da sua atitude.

Reprodução/Instagram
Jefferson e Nicoly Imagem: Reprodução/Instagram

"Ela não sabe o tamanho do que ela está fazendo, porque ela tem 6 anos ainda. Ela parece madura, mas não sabe a dimensão que aquilo tem na vida de outra pessoa. Entende? Ela só olha e pensa: 'não tem o que comer? Eu vou dar'", conta.

Jefferson conta que foi criticado por algumas pessoas, que o acusaram de "oportunismo", mas afirma que seu maior intuito com a publicação foi conscientizar outras pessoas para que exercitarem a empatia.

"A iniciativa de gravar o vídeo partiu de Nicoly, para ver se eu conseguia comover algumas pessoas. Eu costumo pegar o dinheiro do meu bolso e comprar alimentos e lanches para distribuir moradores de rua. É meu dízimo, dar para quem não tem, dividir com quem não tem."

"De um ano para cá, comecei a levar a Nicoly comigo nessas distribuições. Mas sabe como é, como mundo está muito chato, quando eu posto uma coisa dessas, todo mundo acha que é para ganhar curtidas, mas eu tenho para mim que quem está preocupado com curtidas que vai ganhar é a pessoa que tá menos preocupada com o outro que está sendo ajudado. É um vídeo de conscientização! Foi de coração, não tem nada a ver com curtidas", disse o coreógrafo.