menu
Topo

Novidades de beleza


Novidades de beleza

Massagem detox melhora o resultado de tratamentos corporais; saiba mais

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Paula Roschel

Colaboração para Universa

2019-04-03T04:00:00

03/04/2019 04h00

Tomar bastante líquido, diminuir o consumo de alimentos calóricos e caprichar na academia são as indicações de especialistas para que tratamentos como o laser, a radiofrequência e as massagens modeladoras tenham resultados melhores. Além desses três pilares, profissionais da estética também começam a recomendar manobras drenantes e detox com ativos nanotecnológicos para otimizar ainda mais o que vem na sequência.

Por que algumas pessoas percebem os benefícios de massagens antes das outras? Se você está com inchaços, muitas vezes por conta da retenção de líquidos, a tendência é que demore mais para ver os resultados de procedimentos estéticos mesmo. E isso, inclusive, é apontado nos consultórios."Quando você faz uma massagem drenante antes de protocolos para o corpo ou até mesmo antes de cirurgias, como a lipoaspiração, você consegue observar a otimização dos resultados e melhora no quadro pós-operatório, com menos inchaços, dor minimizada e menor números de hematomas", diz a fisioterapeuta dermatofuncional Marina Berti, de São Paulo. "Isso ocorre porque com a manobra você abre os gânglios linfáticos, cuja principal função é produzir e amadurecer as células de defesa do organismo, além de drenar e filtrar o excesso de líquido", completa.

Impulso

Se a massagem com potencial drenante já uma boa opção antes dos tratamentos para perder gordura e celulite, ela somada a ativos nanotecnológicos fica ainda mais impactante.

Eli Monteiro, esteticista que atende celebridades como Mariana Rios e Yasmin Brunet, acaba de criar uma dentro desses moldes. Batizada como Detox Corporal Orgânico, a massagem em questão funciona como complemento aos demais protocolos, entre eles a Lipomodelagem Orgânica. "Ele consiste numa desintoxicação corporal, sendo o ponto de partida para outros tratamentos estéticos. Ativa intensamente o sistema linfático, promovendo maior oxigenação e potencializando a eliminação de toxinas. Utilizo nele bioativos com nanotecnologia, que permitem que as substâncias penetrem em camadas mais profundas da pele, redobrando a potência da massagem", completa. A profissional, entretanto, não revela quais são tais ativos, deixando o segredo muito bem guardado.

Nanotecnologia

A nanotecnologia é uma área de estudos recente dentro da cosmetologia e é considerada por muitos um divisor de águas do setor. "Essa tecnologia em cosméticos é uma revolução. Ela intensifica ainda mais as propostas de resultados estéticos através de aplicação dos cosméticos, onde o ativo encontra-se dentro de veículos que os carregam com facilidade para as células", diz Isabel Piati, especialista em estética e cosmetologia e membro do Conselho Científico da ABEC (Academia Brasileira de Estética Científica). "A partícula é menor do que o tamanho dos poros, penetrando melhor na pele e potencializando os resultados por essa entrega certeira nas células", completa.

Além da sensação de bem-estar, os resultados de redução de inchaço são percebidos logo após. O ideal é fazer a massagem drenante no mesmo dia em que começa o outro protocolo de estética ou no dia anterior, assim trabalhando o corpo em seu melhor estado.

Detox Corporal Orgânico

O que é? Massagem manual que promove a desintoxicação corporal. É ideal para eliminar toxinas e preparar o corpo para aplicação de outros tratamentos.
Resultados esperados: Corpo com menor retenção de líquidos.
Duração: Uma hora.
Quantidade de sessões: Única, antes do tratamento principal.
Contraindicação: pessoas com problemas de pressão sem tratamento, gestantes e pacientes com câncer.
Manutenção: Mensal.
Valor da sessão: R$ 380.

Drenagem linfática

O que é? Manobra totalmente manual feita no corpo e rosto com objetivo de aumentar a velocidade e fluxo dos líquidos do corpo, assim eliminando o que é excedente.
Resultados esperados: Diminuição da retenção de líquidos, de toxinas e também aumento da oxigenação do tecido.
Duração: Uma hora.
Quantidade de sessões: Uma vez por semana. O indicado é que a prática seja parte da rotina, sem um número mínimo ou máximo de sessões.
Contraindicação: infecção aguda, câncer, insuficiência cardíaca, hipotensão arterial, hipertireoidismo não tratado, febre e asma brônquica.
Manutenção: Semanal. Para pessoas que não retém muito líquido, mensal.
Valor da sessão: a partir de R$70.