menu
Topo

Beleza


Beleza

Rihanna enfrenta acusações de racismo com maquiagem e cancela lançamento

Divulgação
Imagem: Divulgação

Da Universa

2019-04-02T13:58:58

02/04/2019 13h58

Desde que entrou no ramo dos negócios, com a marca de maquiagens e lingeries, Rihanna trouxe um respiro de diversidade para muita gente que ainda não se via representada com esses produtos. No entanto, um dos últimos lançamentos fez com que internautas acusassem a Fenty Beauty de racismo.

Na última sexta-feira (29), o perfil oficial da marca de maquiagens anunciou a chegada do iluminador "Geisha Chic"; e foi o nome, que faz referência à cultura japonesa, que protagonizou as controvérsias entre os clientes e admiradores do negócio comandado pela cantora de Barbados.

"Gueixa chique? Para uma marca que se diz inclusiva é, podemos dizer, impressionante", escreveu um dos usuários nos comentários da publicação, que recebeu o apoio de outros que justificaram o motivo para acharem o nome do produto ofensivo: "O racismo asiático é encoberto, parece ainda pior quando isso vem de outro grupo marginalizado".

Após a enxurrada de críticas, a Fenty Beauty cancelou o lançamento do produto, o retirou do catálogo de vendas e deixou seu retorno ao mercado "indisponível" até que um novo nome seja escolhido pela equipe.

Uma gueixa, ou "geisha", em inglês, é o nome dado às mulheres japonesas que entretêm com shows de talento, como dança, música e canto. Muitas vezes, as gueixas são confundidas com as cortesãs de alta-classe, chamadas de Oiran, que se prostituem.

"Nós ouvimos você e recolhemos o produto até que ele possar ser renomeado. Queríamos nos desculpar pessoalmente. Muito obrigado por nos educar", respondeu a Fenty Beauty à um dos internautas em mensagem privada no Instagram.