menu
Topo

Beleza


Beleza

Koichi Sonoda impressiona com maquiagens surrealistas: "Uma nova linguagem"

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Gustavo Frank

Da Universa

2019-04-01T04:00:00

01/04/2019 04h00

A arte de Koichi Sonoda impressiona. As maquiagens surrealistas do paulista, de 22 anos, diferem dos resultados que estamos acostumados a ver quando o assunto é beleza. Até mesmo se considerarmos apenas a área de maquiagem artística. "É uma nova linguagem", afirma ele em entrevista à Universa.

O designer de moda conta que seu primeiro contato com a maquiagem aconteceu quando ainda era adolescente, época em que se montava de drag queen e explorava ainda mais esse universo.

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

"Sabe no terceiro colegial quando tem o dia do troca-troca? Em que os homens se vestem de mulheres e vice-versa? Naquela época, eu havia me preparado para esse momento, mas acabou sendo cancelado. Então pensei em levar isso além quando me mudei para São Paulo, em 2014, e comecei a me montar como drag queen. A primeira vez foi em uma festa à fantasia, em que incorporei a personagem Akemi Klein", relembra ele, que é de Itapetininga, interior do estado.

Seu primeiro contato com a arte drag foi amadora: "Comecei a entender o que era drag depois de um tempo. Me maquiava com tinta pastel, acrílica. Me maquiei durante oito meses. Como eu estava fazendo faculdade, saiu meio caro. Era uma forma de me expressar", conta o designer, que, além de maquiador artístico, hoje trabalha também como freelancer de ilustração e estampa de camisas.

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Koichi conta que no começo esse universo causou estranhamento da sua família, algo superado com o passar dos anos.

"Meus familiares, meu pai, especificamente, foi aceitar mais quando começou a ter retorno midiático e financeiro. Aí ele começou a levar mais a sério. Eles questionavam por que eu fazia esse tipo de coisa. Mas hoje é supertranquilo."

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Entre suas inspirações, o maquiador cita Lady Gaga, com quem ele sonha trabalhar um dia.

"Entrei na faculdade de moda por causa da Lady Gaga. Pensava: 'um dia eu vou vesti-la'. Gosto dela desde a adolescência. Tenho um tio, que é gay, e me doutrinou na cultura da Madonna, aí surgiu a Gaga toda doida, foi um caso de amor imediato. Ela me ajudou nas questões de personalidade e me incentivou a fazer a faculdade de moda".

Já os planos futuros de Koichi envolvem o investimento na própria arte: "Eu acabei de me mudar de apartamento, agora moro no centro de São Paulo. Pretendo fazer um ateliê de maquiagem e ilustração para fazer tanto maquiagem social, com o que já trabalho eventualmente, como artística".