Topo

Diversidade


Oprah revela que chefes diziam que ela tinha a 'cor e o peso errados'

Getty Images
Oprah Winfrey fez um discurso emocionante no Globo de Ouro 2018 Imagem: Getty Images

Da Universa

2019-03-24T17:38:32

24/03/2019 17h38

Não é de hoje que apresentadoras de TV -- como a jornalista Michelle Sampaio, demitida por engordar após a gravidez -- sofrem para atender a obrigações de beleza. Oprah Winfrey, apresentadora e primeira bilionária negra americana, revela em seu novo livro que seus primeiros chefes na televisão, lá no fim da década de 70, achavam que ela tinha a 'cor errada e o tamanho errado'.

Oprah lembra que se sentiu péssima ao apresentar 'People are talking', programa em que estreou como apresentadora em 1978. "Até então, eu era repórter e âncora. Meu início foi péssimo. Eu sabia. Meus chefes sabiam e certamente não faziam segredo de demonstrar o que estavam achando. Me diziam que eu tinha a cor e tamanho errado e que demonstrava muita emoção", escreve.

Chefes não escondiam preconceito

"Eu nunca me senti confortável em minha própria pele. Mesmo agora, quando assisto às fitas cassetes, consigo sentir o fingimento na minha voz", desabafa. Pesou nisso ter sido demitida no emprego anterior como repórter em uma emissora da cidade Baltimore, no estado americano de Maryland.

Apesar disso, ela diz que foi em "People are talking" que ela atendeu ao que classifica como um "chamado": se tornar apresentadora de televisão. Deu certo. Em 2003, Oprah conquistou o título de primeira mulher negra a se tornar bilionária nos Estados Unidos.

O livro "Path made clear", com lançamento para esta segunda (26), ainda não possui tradução para o português.