menu
Topo

Mães e filhos


Mães e filhos

Mariana Ximenes sobre plano de ser mãe: "Família existe de diversas formas"

Breno Da Matta
Imagem: Breno Da Matta

Carolina Martins

Colaboração para Universa

2019-03-21T17:58:34

21/03/2019 17h58

Mariana Ximenes cresceu sob os olhares da mídia e ao passar do tempo foi descobrindo cada vez mais a versatilidade da sua carreira, que definitivamente não foi afetada pelo tempo - o que ela credita positivamente pela forma com que lidou com isso, como contou à Universa, nesta quinta-feira (21), durante o lançamento da nova coleção da marca Capodarte, em São Paulo.

"Ao envelhecer, a gente tem que aliar disciplina, exercício físico, meditação, espiritualidade e humor. Leveza! Mais jovem eu me pegava pensando 'tem que ser assim'. Não, não tem que ser assim, tem que ter uma malemolência, senão você sofre o tempo inteiro. O que difere é a forma como você lida com o tempo. É preciso viver o presente", afirmou ela, citando Fernanda Montenegro, Nathalia Timberg e Laura Cardoso como algumas de suas referências, além, é claro, da sua mãe.

Planos para a maternidade

Sua mãe também é uma referência quando a atriz fala sobre família. Namorando o músico Feliipe Fernandes, há um ano e meio, ela diz que seus planos atuais são de construir uma família, mas não ignora a possibilidade de um dia fazer uma produção independente.

"Já pensei em todas possibilidades para engravidar, como congelar os óvulos, por exemplo. Uma produção independente é possível sim, mas no momento eu penso em construir uma família. Tenho uma família tão linda, mesmo que meus pais sejam separados e tenham se casado de novo. Isso fez com que eu ganhasse mais duas famílias. Eu olho para eles, como minha formação, e gostaria de proporcionar isso para mim mesma. Se for possível construir essa família, pensando no pai, eu prefiro".

Ela reforça ainda que hoje a família pode existir de diversas formas, fora dos padrões normativos que fomos ensinados. "A família pode existir de milhares de formas diferentes, hoje temos dois pais, duas mães. Isso é família. É importante abrir um novo conceito de família. Família é onde tem amor, vinculo, laço e afeto. Para mim isso é família".

Desigualdade salarial

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Outro assunto discutido por Mariana foi a desigualdade salarial de gênero, luta tomada por ela em 2018, durante o festival de Cannes, em que integrou um time de atrizes que protestaram a favor dos direitos iguais aos homens e mulheres.

"Temos que nos colocar em relação a isso. Eu nunca passei por essa situação, mas admiro quando vejo atrizes se colocarem nesse aspecto. Eu nunca teria medo de me impor. Acredito que quanto mais as mulheres estão unidas, mais fortes elas são".

Consumismo e empatia

Por fim, Mariana comentou sobre sua relação com a moda e o consumismo, citando as recentes tragédias como uma reflexão sobre o apego às coisas materiais.

"Tem que ter essa consciência! Quando teve o incidente do Vidigal, eu fiz uma limpa no guarda-roupa para doar. Foi um estímulo para fazer limpeza no guarda-roupas. Acho que quando acontece uma tragédia, se torna mais urgente a gente pensar em fazer isso. Temos que estar sempre conectados com essa consciência no dia a dia. Tem que ser algo diário. Mas quando uma tragédia acontece, essa reflexão se faz mais urgente. É uma coisa que a gente olha e fala: 'como posso ajudar?'. Não é só doando dinheiro, é indo lá, levando mantimento, roupa".