menu
Topo

Universa


Universa

Poeta da periferia de SP narra divulgação de The handmaid's tale no Brasil

Divulgação
Elisabeth Moss é June em "The Handmaid's Tale" Imagem: Divulgação

Da Universa

2019-02-12T19:11:40

12/02/2019 19h11

Uma poeta nascida no Grajaú, bairro no extremo sul de São Paulo, foi convocada para dar voz ao sofrimento vivido pelas personagens da série "The handmaid's tale", lançada pela nesta sexta (8) no serviço de streaming Globoplay. Kimani é uma poeta que já venceu campeonatos de slam, uma espécie de poesia meio falada, meio cantada.

Em 2017, Kimani, nome artístico de Cynthia Santos, ganhou projeção nacional ao ganhar o Slam SP, um dos maiores campeonatos do gênero no país. A trajetória nas artes começou aos seis anos, quando começou a escrever as primeiras poesias.

O slam retrata as mazelas que acobertam as periferias do país e também traz versos que capturam o âmago e os anseios de quem os declama. "Logo menos tem poesia minha feita com todo desejo de luta e mudança. Obrigada a todos os envolvidos, meu coração já tá a mil", escreveu Kimani no Instagram.

Reprodução/Facebook
A poeta Kimani protagoniza vídeo manifesto para lançamento da série no streaming Imagem: Reprodução/Facebook

"The handmaid's tale" retrata um Estados Unidos distópico dominado por fundamentalistas religiosos após uma crise de infertilidade. As aias -- que protagonizam a série -- são mulheres que mantiveram-se férteis e são sequestradas e estupradas para continuar a procriar.

O seriado foi desenvolvido para o Hulu, plataforma de streaming que concorre com a Netflix, com base no livro da escritora canadense Margaret Atwood.

Mais Universa