menu
Topo

Violência contra a mulher


Maisa Silva responde a assédio na web e tem apoio dos fãs para denúncia

Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

Da Universa

12/02/2019 08h47

Vítima recorrente de assédio pelas redes sociais, Maisa Silva não deixou passar um tuíte de um seguidor nesta segunda (11). O usuário identificado como Luís Oliveira respondeu a uma foto da atriz com a seguinte mensagem:

Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

Em resposta, Maisa respondeu logo em seguida e acusou o seguidor de pedofilia:

Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

Os fãs também entraram no debate em apoio à atriz, com pedidos de intervenção da Polícia Federal no caso:

Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

Apesar dos pedidos de intervenção policial no caso, o comentário do seguidor de Maisa não se enquadraria como crime, uma vez que pelo Art. 217 do Código Penal, é crime "Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 anos" (a atriz tem 16) e o termo "pedofilia" não está literalmente previsto no Código Penal.

Há,  no entanto, a criminalização da "violência sexual contra criança e adolescente" -- inclusive "adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente" --, conforme o artigo 241-B do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).