menu
Topo

Violência contra a mulher


Comediante relata constrangimento com médico em mamografia: "Não se calem"

Getty Images
Imagem: Getty Images

Da Universa

07/02/2019 09h08

Conhecida por seus esquetes afiados, Sarah  Silverman não se calou diante de um episódio de assédio nesta quarta (6). Ao sair de uma mamografia, a comediante contou aos seguidores como foi vítima de um momento constrangedor durante um exame delicado e pediu que mulheres não fiquem quietas diante dessas situações.

Sarah conta que o médico que realizou o exame -- como outras vezes -- não usou luvas ao fazer o procedimento, apesar de Sarah já ter questionado e pedido o uso. "Como disse para ele no ano passado, 'você precisa me tocar com os seus dedos'. Ele respondeu 'não'", disse.

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

"Olha, não acho que ele estava tentando nada com aquilo, mas o trabalho dele é ter ciência de como isso deixa as mulheres vulneráveis. Use a merda das luvas. Isso não é um encontro. Para ele ser tão arrogante e nem ligar para o que eu falei desde o ano passado é sinal de um poder subconsciente, se formos mais a fundo", afirma Sarah.

"É minha última mamografia com esse cara ou com qualquer outro. Sou uma mulher adulta e estou bem, mas esse cara faz isso com todo mundo e eu sei que me levou muito tempo na vida adulta até eu conseguir me defender. É desconfortável e muito fácil pensar que é só coisa da sua cabeça. E esses babacas arrogantes como esse médico se aproveitam de como as mulheres se calam", continuou.

"Tudo isso para dizer que vocês denunciem. Acreditem naquilo que diz lá dentro de você que essa merda não está certa."