menu
Topo

Transforma

Mulheres protagonizam um mundo em evolução


Camila Queiroz sofreu assédio após Angel: "na hora, a gente fica com medo"

Divulgação/Glamour Brasil
Camila Queiroz Imagem: Divulgação/Glamour Brasil

da Universa, em São Paulo

05/02/2019 09h33

Uma das famosas a apoiar o movimento "Mexeu com Uma, Mexeu com Todas", Camila Queiroz afirmou à edição de fevereiro da revista "Glamour" que passou por assédios sexuais nas ruas após encarnar a Angel, de "Verdades Secretas", em 2015.

"Ouvi muitas coisas, na rua, o tempo inteiro. Depois de 'Verdades Secretas' me lembro de executivos, caras de terno e gravata tentando me paquerar no aeroporto. Na hora, a gente não sabe como agir. Pensa: "será que vão duvidar? Tirar sarro?". Fica com medo. Mas, graças ao movimento das mulheres, hoje se, Deus me livre, eu passar por qualquer situação, me sinto forte para falar, botar a boca no trombone mesmo", acredita.

Angel, aliás, mudou os rumos da carreira de Camila, de 25 anos, que até então trabalhava como modelo. Antes de viver a personagem, a atriz chegou a levar dez "nãos" em testes na Globo. Agora reconhecida pelo grande público, ela ainda diz pensar muito na hora de fazer uma compra.

"Uma vez, dei uma entrevista que repercutiu muito, em que disse que nunca compraria uma Chanel enquanto tivesse que andar de ônibus. Ainda não tenho meu carro. Nem uma Chanel. Antes de gastar, eu penso: 'Será que na mão da minha mãe esse dinheiro teria um destino mais consciente?'", questiona.

"É claro que quero uma Chanel e, um dia, se Deus quiser vou poder me dar a esse luxo, mas tenho prioridades. A minha, por exemplo, era fazer meu casamento. E casar não é barato. E não por falta de opção de parcerias. Mas não podia deixar o sonho da minha vida na mão de outras pessoas."

No marido, Klebber Toledo, de 32 anos, ela ainda enxerga um parceiro. "Já conquistei muita coisa sozinha. É bom ter alguém com quem compartilhar agora", concluiu.

Mais Transforma