menu
Topo

Mães e filhos


Mães e filhos

Vídeo mostra a dificuldade de ser mãe e ter uma noite de sono contínua

Reprodução/YouTube
Imagem: Reprodução/YouTube

Da Universa

31/01/2019 18h08

Um vídeo do ano passado está ganhando repercussão nessa semana. Nele, uma mãe mostra as dificuldades de uma mãe ter uma noite de sono contínua quando se tem filhos.

Melanie Darnell, que tem 3 filhos, mostrou que as crianças precisam de atenção o tempo todo. Quando não é uma, as outras certamente necessitam dessa atenção - reforçando o fato de que a maternidade não é só maravilhas, algo que tem sido realçado inclusive por diversas famosas recentemente.

"Ser mãe não acaba quando o sol se põe. Eu quero cuidar dos meus filhos da mesma forma que faço de dia. Você tem dois objetivos noturnos, como mãe (1) descansar o suficiente para si mesma e (2) atender às necessidades nutricionais e emocionais do seu filho. É um equilíbrio difícil ao perceber que as últimas horas de repouso que você tem estão acabando. Quando o despertador toca às 4 horas da manhã é especialmente insuportável. Ainda assim, nos levantamos da cama com os olhos turvos e puxemos nossos bebês para perto", escreveu ela ao legendar a publicação, que alcançou mais de 1,6 milhões de visualizações nesta quinta-feira (31).

Embora não seja nada fácil, Melanie reforça o amor por essas "noites incansáveis" para uma mãe.

"Nessas horas calmas e escuras, a falta de distração pode ser realmente calmante e refrescante. As necessidades de um bebêm tendem a ser simples: a segurança e a alimentação. As mães não nascem especialistas nisso, mas têm a capacidade de se encontrar e aprender com as necessidades dos bebês e ver isso se tornar profundamente satisfatório", continua.

Outro ponto destacado por ela é o fato de que isso não é um "privilégio" só dela, ou da leitora que se encontra na mesma situação, mas de todas as mães.

"Durante esses momentos, vamos pensar em todas as outras mães que não estão com seus bebês no mesmo momento no meio da noite e nos confortar com o pensamento de que podemos estar com eles nessas noites escuras. É uma experiência compartilhada. Em vez de nos sentirmos isoladas e exaustas, podemos nos conectar com outras mães cansadas que também estão acordadas", conclui.

Veja o vídeo na íntegra: