menu
Topo

Moda


Moda

Em 4 dias, Deneuve já leiloou R$ 3,9 milhões em peças Saint Laurent

AFP
Catherine Deneuve e Yves Saint Laurent Imagem: AFP

da Universa, em São Paulo

27/01/2019 09h54

Catherine Deneuve manteve, ao longo de décadas, uma amizade próxima com o estilista francês Yves Saint-Laurent, fundador da grife Saint Laurent, que lhe rendeu um guarda-roupa inteiro de peças da marca que ela mantinha em sua casa na região da Normandia.

Ao decidir abrir mão da propriedade, a atriz resolveu desapegar também do acervo de alto luxo através de um leilão organizado pela prestigiada casa Christie's, de Paris.

Os lances pelas peças, criadas especialmente para ela pelo estilista, foram iniciados no dia 23 de janeiro, quando a Christie's disponibilizou 140 lotes da coleção de Catherine para o público através da sua plataforma online de leilões. 

Em 24 de janeiro, a casa ainda abriu suas portas para um leilão presencial de outros 129 lotes que contou com a presença de 4.500 pessoas -- e durou cinco horas.

Até o presente momento, a casa já arrecadou R$ 3,9 milhões com a venda de casacos, conjuntos de alfaiataria, vestidos de seda, sapatos, chapéus, cintos e outros acessórios.

O leilão online da coleção Saint Laurent-Deneuve será encerrado no dia 30 de janeiro. Até lá, é possível arrematar peças através deste link.

Yves Saint Laurent e Catherine Deneuve se conheceram em 1967 e foram amigos até a morte do designer, em 2008. Ela serviu de inspiração para inúmeras de suas criações e chegou a declarar, durante a comemoração do aniversário de 40 anos de sua carreira em 2002, que ele era 'seu mais lindo caso de amor'.