menu
Topo

Mães e filhos


Mães e filhos

Mulher faz alerta após filho de 3 anos se ferir com uma corda: Sobrevivente

Reprodução/Facebook
Mãe mostra como ficou pescoço do filho após ele se enrolar com uma corda de cortina Imagem: Reprodução/Facebook

Da Universa

26/01/2019 15h19

Em seu Facebook, a americana Arika Hernandez relata o susto que levou ao ver o pescoço do filho ferido: o menino, de 3 anos, brincava com uma corda, dessas utilizadas em persiana e cortina, quando o material enrolou em seu pescoço enquanto ele descia da cama. 

Reprodução/Facebook
Cordão de cortina fere criança nos EUA Imagem: Reprodução/Facebook

O menino, escreve Arika, subiu no beliche e envolveu a corda em si. Ao descer, ela ficou presa.

"Nosso doce menino de 3 anos é um sobrevivente", desabafa ela no início do texto publicado. "Ele entrou em pânico e tentou gritar pela mamãe e papai, mas ninguém foi", lembra ela.

No desespero, o menino pulou da cama e seu peso fez o cordão arrebentar. Passado o susto, ela resolveu compartilhar a experiência para pedir aos pais mais cuidado com as cordas de cortinas e, se possível, para que eles encontrem outras alternativas, sem elas. O post já teve mais de 60 mil compartilhamentos.

Reprodução/Facebook
Menino de três anos se fere ao brincar com cordão de cortina Imagem: Reprodução/Facebook

"Esses cordões não podem ser cortados, porque ainda fica uma parte para dentro. E se a persiana for pucada até o fim, ele (cordão) será longo o suficiente para estrangular uma criança ", avisa a mãe.

Segundo o diário Daily Mail, um estudo de 2017 aponta que mais de 300 crianças com menos de seis anos de idade foram mortas por cordas desde 1990, e pelo menos 17 mil foram feridas por elas.