menu
Topo

Violência contra a mulher


#MeToo nos esportes gera investigação na Coreia do Sul

AFP
Shim Suk-hee Imagem: AFP

Universa, com agência

22/01/2019 11h20

Após a denúncia de uma patinadora olímpica, a Comissão Nacional de Direitos Humanos na Coreia do Sul promete fazer uma profunda investigação de abusos no esporte. 

O anúncio foi feito nesta terça (22) um mês após Shim Suk-hee, patinadora de 21 anos duas vezes campeã olímpica, acusar seu ex-treinador Cho Jae-beom de abuso sexual. Cho já está preso por acusações de violência física contra a atleta desde setembro.

Desde então, atletas de outras modalidades têm reportado casos de abuso, tabu no país. Em 2008, uma outra investigação foi feita - sem resultados - entre os atletas do país.

Até mesmo o presidente do país, Moon Jae-in, se pronunciou sobre o #MeToo dos esportes coreanos dizendo que os abusos sujam a "brilhante imagem do país como uma potência do esporte" e pediu uma investigação eficaz. 

*com informação da agência Reuters