menu
Topo

Violência contra a mulher


Filho de vereador suspeito de desfigurar ex-mulher é solto no Rio

Reprodução/Facebook
Imagem que mostra ex-mulher desfigurada foi publicada pela família da vítima Imagem: Reprodução/Facebook

Da Universa

19/01/2019 16h16

O empresário Fábio Tuffy Felippe, suspeito de ter espancado a ex-mulher, foi solto pela Justiça na última sexta (11). Fábio é filho do presidente da Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro, Jorge Felippe, e ficou apenas uma semana preso. 

De acordo com as investigações da polícia, ele é suspeito de ter espancado a ex-mulher durante três horas. A família divulgou um retrato nas redes sociais em que a vítima aparece com o rosto desfigurado.

Fábio estava preso de forma temporária por 30 dias, mas a defesa do empresário conseguiu revogar a decisão para soltá-lo antes do prazo. A Justiça ordenou que ele mantivesse uma distância mínima de 300 metros e não tentar nenhum tipo de contato (ligações, mensagens, e-mails ou carta). 

O inquérito ainda não foi concluído pela Delegacia da Mulher em Campo Grande, zona oeste do Rio de Janeiro. 

Reprodução/Facebook
Imagem do casal; filho de vereador carioca, Fábio estava preso temporariamente durante as investigações Imagem: Reprodução/Facebook

Histórico de denúncias

De 2007 a 2012, Thais Christini, 25, fez três boletins de ocorrência contra o empresário por lesão corporal, perturbação da tranquilidade e por ameaça. A nova agressão teria acontecido no dia 21 de dezembro. 

O Ministério Público até pediu que Felipe fosse preso por tempo indeterminado durante as investigações, mas Justiça fluminense negou o pedido. O vereador Jorge Felippe, pai de Fábio, chegou a se manifestar nas redes sociais. "Quem pratica violência tem que responder pelo ato", disse. A Universa não conseguiu localizar a defesa de Fábio.