menu
Topo

Fofuras


Bebê de 2 meses ganha 'formatura' de equipe de hospital ao receber alta

Acervo pessoal
Austin, Nicole, Bodie e Todd Blodgett Imagem: Acervo pessoal

da Universa, em São Paulo

17/01/2019 13h03

Depois de passar seus primeiros 60 dias de vida no hospital, o pequeno Bodie Blodgett, de 2 meses, finalmente recebeu alta médica. Mas não sem antes receber um adeus especial do time responsável por cuidar dele durante este período.

Em 9 de janeiro, os funcionários do UPMC Children's Hospital de Pittsburgh organizaram uma cerimônia de 'formatura' para que a família pudesse comemorar este momento especial. 

"Quando estávamos de saída, passamos por três longos corredores com pessoas enfileiradas dos lados, provavelmente mais de cem pessoas, de médicos a enfermeiros e equipe de limpeza", relembrou o pai de Bodie, Todd Blodgett, à revista "People".

"Eles estavam todos aplaudindo, dando os parabéns. Foi, de verdade, emocionalmente tocante. Estávamos soluçando ao sair. Todo mundo era tão gentil e doce."

Acervo pessoal
Imagem: Acervo pessoal

O bebê recebeu até traje de formando ao ser colocado nos braços da mãe, Nicole, enquanto uma marcha tocava no aparelho de som e ele deu saída ao lado dos pais e do irmão de 4 anos, Austin.

"Foi muito fofo. Foi um ato de amor e compaixão tão impressionante. Esta história é apenas um pedacinho [que mostra] como eles veem seus pacientes, é como uma família", disse ainda o pai.

Bodie nasceu na 36ª semana de gestação de sua mãe e os médicos identificaram que ele era portador da Sequência de Pierre Robin, uma síndrome congênita que resulta em uma mandíbula estreita. Durante seus dois meses na UTI neonatal, Bodie passou por uma cirurgia para que pudesse aprender a comer normalmente.

"Foi bastante difícil, não tínhamos ideia do que havia de errado com ele. Quando os médicos nos informaram o diagnóstico, ficamos de coração partido. Foi uma caminhada longa. Estivemos nos perguntando 'o quanto isso vai durar?'. No dia em que finalmente nos disseram que ele poderia vir para casa, ficamos muito emocionados", concluiu.