menu
Topo

Diversidade


Homem vai a festa LGBT e se incomoda com dois homens se beijando

iStockphoto/Getty Images
Na Inglaterra, homem vai com namorada à festa LGBT e ambos não sabiam disso Imagem: iStockphoto/Getty Images

Da Universa

12/01/2019 17h23

O DJ Rob Holley, de Londres, Inglaterra, não imaginava que a virada do ano lhe renderia uma dor de cabeça tão grande. Um dos organizadores da festa Push The Button, ele contou em seu Twitter que recebeu um email de um homem chamado Stuart, que foi à edição de Réveillon do evento com sua namorada e ambos ficaram "incomodados" com o que presenciaram.

Holley relata que Stuart estava furioso e queria um reembolso do valor pago para entrar, pois ele não sabia que a festa era aberta ao público LGBT. Heterossexuais também eram bem-vindos.

O homem afirma que "não é homofóbico", mas que ele e sua namorada não gostaram nem um pouco de ver dois homens se beijando.

Holley tentou argumentar com Stuart que, em todas as peças de divulgação do evento e também no site responsável pela venda dos ingressos, estava sinalizado que a Push The Button é uma festa livre de preconceitos e inclusiva para todas as orientações sexuais. Mesmo assim, o homem fazia questão de ser reembolsado pois a visão do casal gay "estragou sua noite e de sua namorada".

Ao checar o ocorrido com a hostess da festa, o DJ descobriu que Stuart tinha solicitado um reembolso após três horas desde sua entrada no evento. Cansado da demonstração de intolerância, Holley informou que o valor do ingresso não seria devolvido, mas doado à uma instituição de apoio à comunidade LGBT.

Stuart não gostou da ideia e passou a ofender o DJ, que respondeu: "da próxima vez, usaremos triângulos rosa em nossas roupas para te beneficiar". O triângulo rosa invertido era uma marcação feita em campos de concentração nazistas para identificar os homens gays que foram capturados. Stuart respondeu: "se puder, por favor use".

Holley lamentou que a virada para 2019 se parecesse mais com uma "passagem para o ano 1819".