menu
Topo

Violência contra a mulher


Família de mulher que deu à luz em coma nos EUA afirma que cuidará do bebê

iStock
O crime teria acontecido na clínica Hacienda HealthCare, na cidade de Phoenix Imagem: iStock

2019-01-11T12:41:21

11/01/2019 12h41

O caso da paciente do Arizona, nos Estados Unidos, que deu à luz mesmo estando em estado vegetativo há 14 anos ganhou destaque no mundo inteiro e obrigou a polícia local a começar uma investigação de estupro. 

Agora, enquanto pressiona as autoridades por respostas sobre quem seria o abusador, a família anunciou que decidiu que vai criar o recém-nascido. 

"A família está indignada, traumatizada e em choque pelo abuso de sua filha. Mas pediram que eu transmitisse que o menino nasceu em uma família amorosa e será bem cuidado", disse o advogado dos pais da vítima ao "HuffPost". 

O crime teria acontecido na clínica Hacienda HealthCare, na cidade de Phoenix, onde a mulher está internada. 

A filial da CBS em Phoenix, a KPHO-TV, informou que o parto aconteceu no dia 29 de dezembro e que "ninguém da equipe sabia que ela estava grávida praticamente até que ela entrasse em trabalho de parto". 

Segundo a "Time", a polícia solicitou informações sobre o DNA de todos os funcionários do sexo masculino da clínica, que prometeu colaborar com as investigações.