menu
Topo

Beleza


Exagerou no bronze? O que fazer com a pele vermelha, ardendo e descascando

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Paula Roschel

Colaboração para Universa

10/01/2019 04h00

Curtiu mais do que devia a intensidade do sol e está sentindo a pele arder e descascar?

Saiba como reverter o quadro e diminuir o sofrimento.

Veja também

Consigo aliviar a dor e o calor?

Se você teve queimadura solar e está com a pele quente, avermelhada e ardendo, o melhor é adotar rapidamente algumas medidas. "Evite banhos quentes, use sabonetes líquidos e neutros, se enxugue após o banho com cuidado, evitando esfregar a toalha", aconselha a dermatologista Taiz Campbell, membro do Grupo Brasileiro de Melanoma.

Ela ainda indica evitar o uso de roupas muito apertadas, usar hidratantes calmantes, borrifar água termal na área, aumentar o consumo de líquidos e fazer compressas geladas. "Elas ajudam na dor e podem ser feitas com água filtrada ou chá de camomila. Já o uso de gelo não é recomendado, pois pode piorar a queimadura", diz.

Caso a pele queimada tenha bolhas, o ideal é procurar imediatamente um médico, já que demonstra um quadro mais intenso e perigoso.

Posso continuar na praia após queimar a pele?

O ideal é que você evite ao máximo o sol. Se não for possível, use filtro solar com alto fator de proteção, roupa que tenha também proteção UV e chapéu com aba larga. Se já estiver descascando, para auxiliar a aplicação do filtro sobre a pele irregular, deposite antes um pouco de hidratante.

Detalhe importante: não utilize apenas protetor solar em pó no rosto, que é uma medida comum de quem está com a pele do rosto descascando e por isso não consegue espalhar direito o filtro cremoso: "Pó compacto e pancake podem ser usados apenas em conjunto a outros protetores, pois utilizados de forma isolada não protegem a pele", diz o farmacêutico Lucas Portilho, consultor e pesquisador em Cosmetologia.

Pele avermelhada sempre descasca?

Não necessariamente. A epiderme vermelha é uma superfície danificada. O organismo promove uma renovação dessa pele e isso pode implicar em descamação, para eliminar tal estrutura cheia de células mortas. Só que essa renovação pode acontecer sem descamação se existir muita hidratação da área (interna e externa). 

Posso arrancar a pele descascando?

Nunca descole a pele que está soltando. Arrancá-la pode ocasionar ferimentos e estes causarem uma infecção.

Uma esfoliação leve pode ser feita quando a área não estiver mais vermelha, sensível e doendo, pois ajuda na renovação celular.

Produtos pós-sol ajudam a amenizar o desconforto causado pela queimadura da praia e piscina?

Sim. Devemos utilizá-lo logo após a exposição solar."A sua ação é a de promover conforto e hidratação imediata com frescor, amenizar a inflamação e diminuir a vermelhidão, assim como recuperar o tecido cutâneo lesionado pela radiação solar", diz a dermatologista Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. O pós-sol normalmente tem veículo mais leve, na forma de gel ou loção aquosa, e é rico em anti-inflamatórios e calmantes, como camomila, aloe vera, malva, Vitamina E, Vitamina B5, aveia coloidal, entre outros.  

Áreas como a região do peitoral, ombros, costas, braços, mãos e pés devem ser priorizadas na hora da utilização. Existem fórmulas específicas para rosto e pescoço.

Dá para amenizar o tom avermelhado da pele?

Você pode acelerar a recuperação da pele através da atenção redobrada na hora de hidratá-la por fora (cremes e brumas) ou por dentro (ingestão de água), mas não eliminar a vermelhidão de uma hora para outra. "Água natural ou de coco são excelentes para ajudar na recuperação da pele queimada pelo sol. Em dias muito quentes, devemos tomar pelo menos três litros por dia. E em caso de queimaduras devemos repor de quatro litros por dia", explica Taiz Campbell.

Babosa pode ajudar na recuperação da pele queimada pelo sol?

Sim, pois tem propriedades calmantes e regenerativas. "Deve-se aplicar levemente o gel sobre a pele e deixar agir. Para retirar, utilizar apenas água fria, sem esfregar", diz Taiz.

Quais são as principais consequências da queimadura solar?

Aumento do risco de câncer, envelhecimento precoce da pele, manchas, sardas, piora da acne e do melasma.