menu
Topo

Violência contra a mulher


Quem é o rapper acusado de estupro que fez parceria com Lady Gaga

REUTERS/Lucy Nicholson
24.nov.2013 - R. Kelly e Lady Gaga fizeram uma performance juntos no AMA 2013 Imagem: REUTERS/Lucy Nicholson

Da Universa

2019-01-10T13:56:35

10/01/2019 13h56

A cantora Lady Gaga veio a público, nesta quinta (10), para se desculpar por uma parceria com o rapper R. Kell feita em 2013. 

A união não caiu nada bem para os fãs. Há anos, Kelly é acusado de estupro por dezenas de mulheres. Até mesmo um documentário, que reúne vítimas do músico, foi lançado na última semana no YouTube. Já a hashtag #MuteRKelly (ou "silencie R. Kelly") circula há ao menos um ano nas redes sociais. Além de violência sexual, o rapper é processado por cárcere privado.

Em suas redes sociais, a cantora se mostrou arrependida pela parceria que fez com o artista na música "Do What U Want (With My Body)" ("Faça o que você quiser com o meu corpo", em tradução livre), em 2013, e nesta quinta (10) postou uma mensagem de apoio às vítimas do cantor.

"Eu apoio qualquer pessoa que tenha sido vítima de abuso sexual. Eu fico ao lado dessas mulheres 1000%, acredito nelas, sei que estão sofrendo e sinto que estas vozes devem ser ouvidas e levadas a sério. O que estou ouvindo sobre as acusações contra R.Kelly é absolutamente horrível e indefensável", escreveu a cantora.

Acusações têm mais de duas décadas

Kelly é acusado por mulheres há mais de 20 anos. As acusações são veiculadas pela imprensa norte-americana há cerca mais de dez anos. No ano passado, familiares de vítimas afirmaram que o rapper mantém uma espécie de "culto", para aliciar mulheres e meninas menores de idade nos Estados Unidos. 

Uma mulher alega que Kelly, de maneira proposital, a contaminou com uma IST e a manteve sob cárcere privado e uma rotina de violência sexual. 

Robert Sylvester Kelly, 52, decolou no fim da década de 90 com o hit "I Believe I Can Fly", trilha sonora do filme "Space Jam". O longa é estrelado pelo lendário astro da NBA Michael Jordan e por animações do universo "Looney Tunes", como Pernalonga. Com a canção, Kelly recebeu três Grammys.

Reprodução
O músico, rapper e compositor R. Kelly Imagem: Reprodução

Nos anos 90, compôs músicas para astros como Michael Jackson, inclusive premiado com um Grammy por "You're not alone". 

A carreira musical de R. Kelly começou ainda na infância. O primeiro show da vida dele foi ainda no ensino fundamental, quando interpretou "Riboon in the sky", música do música Stevie Wonder. 

Documentário

O novo documentário, "Surviving R. Kelly" (Sobrevivendo a R.Kelly, em tradução livre), foi transmitido pelo canal por assinatura "Lifetime" em seis episódios, entre quinta-feira (3) e sábado (5). 

Entre novas e antigas a acusações, os depoimentos relembram que, em 2002, Kelly foi denunciado por filmar relações sexuais com uma jovem de 14 anos. O rapper foi absolvido em 2014 do crime de pornografia infantil. Outras mulheres apresentam R. Kelly como manipulador, violento e amante de meninas muito jovens.

Lizzette Martinez, que o conheceu quando tinha 17 anos e ele quase 30, afirma ter sido vítima de maus-tratos psicológicos e "agressões físicas" durante um relacionamento. 

A defesa de Kelly anunciou que vai processar as vítimas do documentário e afirma que as acusações contra o cantor são falsas. 

(Com agências de notícias)