menu
Topo

Transforma

Mulheres protagonizam um mundo em evolução


Kim Kardashian comemora absolvição de escrava sexual presa há 15 anos

Getty Images
Imagem: Getty Images

Da Universa

07/01/2019 20h25

Ao contrário do que muitos acham, Kim Kardashian tem usado sua visibilidade para muito além de promover suas marcas e a própria imagem, fazendo uma grande mudança no sistema penitenciário norte-americano.

A socialite usou seu Twitter nesta segunda-feira (7) para comemorar a absolvição por clemência do júri de Cyntoia Brown, que estava presa há 15 anos após matar o homem que a fez de escrava sexual desde seus 16 anos.

A decisão foi tomada pelo governador do Tennessee, Bill Haslam, a quem Kim agradeceu na rede social.

Assim como Rihanna e Cara Delevingne, Kim Kardashian foi uma das famosas que decidiram se mobilizar para ajudar na libertação da jovem, atualmente com 30 anos.

Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

No entanto, a socialite foi além do protesto virtual e recrutou seu advogado, Shawn Holley, para ajudar no caso, além de ter se reunido com o presidente Donald Trump.

"Sou grata por todo o apoio, orações e incentivo que recebi. Sou grata aos meus advogados e seus funcionários, e todos os outros que, na última década, deram seu tempo e conhecimento para me ajudar a chegar até hoje. Eu amo todos vocês e serei eternamente grata. Com a ajuda de Deus, estou comprometida a viver o resto da minha vida ajudando os outros, especialmente os jovens. Minha esperança é ajudar outras jovens garotas a evitarem tomar o mesmo rumo que eu fui sentenciada a viver", comunicou Cyntoia após a notícia da clemência.

Mais Transforma