menu
Topo

Sexo


Clitóris: 14 dicas de ouro para estimular sozinha ou bem acompanhada

Unsplash
Clitóris tem milhares de terminações nervosas para serem estimuladas Imagem: Unsplash

Heloísa Noronha

Colaboração com Universa

23/12/2018 04h00

O clitóris é muito mais do que um "botãozinho" sensível ao toque. Além de ser o único órgão do corpo cuja finalidade exclusiva é proporcionar prazer, ele é bem maior do que a gente consegue ver: são 8 centímetros de comprimento! Além disso, sua anatomia conta ainda com dois bulbos de tecido erétil que descem ao longo da vulva que se incham de sangue quando excitados, tornando a uretra e o canal vaginal ainda mais sensíveis na hora do sexo. Para finalizar, a cabecinha tem 8 mil terminações nervosas. Ou seja, o clitóris é um verdadeiro parque de diversões com múltiplas possibilidades de prazer para explorar, como as sugeridas a seguir.

Sozinha

1. Use um espelho para ver toda a magia acontecer. Sente-se com as pernas abertas e coloque um espelho diante se sua vagina. Assim, ao se tocar, você vai conferir "in loco" como o clitóris vai inchando e ficando mais gordinho conforme os estímulos. Dica: puxe bem a pele em torno dele para conferir tudinho.

2. Em vez de usar um único dedo, segure quatro dedos juntos e deslize-os sobre o clitóris em movimentos circulares. Atenção: pequenos círculos concentram todo o estímulo e o prazer no clitóris, mas você pode fazer círculos maiores para excitar os lábios vaginais e a vulva.

3. Se você é da turma que prefere o momento relaxante do banho para alçar voo solo e adora a sensação gostosa proporcionada pelo chuveirinho, vale a pena apostar em sabonetes líquidos do tipo "eletrizantes", que dão "choquinhos". Jatos alternados de água fria (mas não muito) e morna vão ampliar o prazer da experiência.

4. Além da almofada e do travesseiro, a quina de um sofá --desde que bem macia, por favor!-- pode servir para roçar se você gosta de se masturbar de bruços ou prefere uma superfície gostosa para se estimular.

5. Ao apertar o clitóris com o indicador e o polegar, você vai sentir uma parte mais durinha dele --como se fosse uma haste. Mexer, de leve, nessa região pode provocar um orgasmo diferente.

6. Em vez de ir direto à cabecinha, explore primeiro as partes laterais. Uma gota de lubrificante na ponta dos dedos é suficiente para tornar o deslize mais delicioso.

7. Usar um bullet ou um sex toy próprio para o clitóris --há versões que vibram, sugam, massageiam-- pode elevar a brincadeira a outro nível. Alguns, aliás, deixam as mãos livres para você tocar outras partes do corpo.

Bem acompanhada

8. Durante o sexo o oral, peça para o par colocar a mão sobre o seu Monte de Vênus. Trata-se de um toque capaz de aumentar o seu prazer, já que pressiona o clitóris indiretamente. Lembre-se: o órgão tem 8 centímetro e sua maior parte é interna.

9. O parceiro deve ficar com a ponta da língua mais rígida, formando uma espécie de "lança" com ela. Esse intumescimento é mais agradável à sensibilidade feminina, principalmente se a pessoa fizer primeiro movimentos circulares em torno do clitóris. Depois, conforme ele vai ficando inchado, é o momento certo de sugar e colocar um pouco mais de intensidade na língua.

10. Assoprar suavemente o clitóris e usar a respiração para estimulá-lo é uma espécie de "spoiler" com direito a final feliz: a carícia não só atiça a mulher, como a deixa preparada e ansiosa para receber o toque da língua.

11. Subir sobre o par e sentar-se sobre ele para receber o sexo oral é uma ótima maneira de controlar o ritmo, a velocidade e até o movimento que você gosta de receber da língua.

12. Um simples colar de contas pode funcionar como um acessório erótico se o par esticá-lo bem sobre o clitóris e fazer movimentos para cima e para baixo.

13. Balas refrescantes como Hall's também podem dar uma bela ajudinha: diga ao par para chupá-la um pouco e depois, segurando-a entre os dentes, passar delicadamente na cabecinha do clitóris.

14. Anéis penianos com textura dão um upgrade ao sexo, tanto para o homem quanto para a mulher. Enquanto ele mantém a ereção por mais tempo, ela sente não só a penetração como o estímulo no clitóris por conta dos relevos do sex toy.

Fontes: Bianca Santos, sex coach do Rio de Janeiro (RJ), e Carla Cecarello, psicóloga e sexóloga consultora do site C-Date e fundadora da ABS (Associação Brasileira de Sexualidade)