menu
Topo

Moda


Raf Simons rompe contrato e deixa cargo de diretor criativo da Calvin Klein

Divulgação
Imagem: Divulgação

Da Universa

22/12/2018 12h14

Na última sexta-feira (21), a Calvin Klein emitiu um comunicado anunciando o fim da parceria com o estilista belga Raf Simons.

De acordo com o "Business of Fashion", o designer, que assumia o cargo de diretor criativo da grife desde 2016, ainda tinha oito anos de contrato profissional.

"As duas partes decidiram amigavelmente trilhar caminhos separados após a Calvin Klein Inc. optar por uma nova direção que difere da visão criativa de Simons", comunicou-se.

Sua saída foi anunciada logo depois que a Calvin Klein anunciou, em novembro, uma perda de US$ 21 milhões, cerca de R$ 82 milhões, em suas vendas. Além disso, a grife também não participará do tradicional desfile na Semana de Moda de Nova York, em fevereiro de 2019.

Antes da CK, Raf trabalhou também como diretor criativo para a Dior, posteriormente a saída antecipada de John Galliano, e na Jil Sander.

Um dos nomes cogitados para substituí-lo é Christopher Bailey, que consolidou sua carreira como diretor criativo da Burberry por 17 anos.