menu
Topo

Violência contra a mulher


Atrizes repudiam vinda de Juan Darthés ao Brasil após acusações de estupro

Reprodução/Globo
Imagem: Reprodução/Globo

Da Universa

21/12/2018 16h48

Na noite da última quinta-feira (20), atrizes brasileiras iniciaram uma manifestação contra a vinda do ator argentino Juan Darthés ao Brasil.

A iniciativa se deu depois que Juan foi acusado de estupro pela atriz Thelma Fardin, que deu início ao movimento #MeToo na argentina.

A acusação aconteceu durante uma coletiva de imprensa em que a artista, que tinha 16 anos na época, e mais outras 50 mulheres, do coletivo Atrizes Argentinas, revelaram terem sido atacadas pelo ator, em 2009, em meio a turnê da peça infantil "Patito feo" pela Nicarágua.

Nascido em São Paulo, Juan Darthés desembarcou no Brasil junto com sua família nesse mesmo dia.

O fato fez com que várias atrizes, como Bruna Linzmeyer e Débora Fallabella, usassem suas redes sociais para repudiar a chegada de Juan ao Brasil.

"Nós, irmãs brasileiras, repudiamos a chegada ao Brasil de Juan Darthés, ator argentino recentemente denunciado por estupro pela atriz Thelma Fardin. Thelma era menor de idade na época da violação e sua denúncia se une a de outras mulheres, apontando atos de assédio e abuso sexual cometidos por Juan. As atrizes do Brasil e da Argentina estão juntas, organizadas e atentas", reproduziram ela ao legendar as publicações.

Bruna Linzmeyer

Maria Muros

Alinne Moraes

Nathália Dill

Débora Falabella

Maria Ribeiro

Paula Braun