menu
Topo

Fofuras


Enrico, Melinda, Zoe e mais: as crianças que brilharam na internet em 2018

Reprodução/Instagram e Getty Images
Enrico, filho de Karina Bacchi, conquistou seu primeiro milhão de seguidores antes de completar 1 ano Imagem: Reprodução/Instagram e Getty Images

Da Universa

17/12/2018 04h00

O ano de 2018 provou que não há idade mínima para ser um verdadeiro influenciador digital. 

O pequeno príncipe da internet Enrico Bacchi, filho de Karina Bacchi, pinta e borda nas redes sociais desde que nasceu. Em abril, o menino conquistou o primeiro milhão de seguidores antes mesmo de completar 1 ano de idade -- e ele não está sozinho no time das it-crianças.

Maria Flor, filha dos atores Deborah Secco e Hugo Moura, pode até não ter perfil próprio no Instagram, mas encantou (e rendeu muitas curtidas!) no perfil da mãe todas as vezes em que apareceu "interpretando" algum personagem famoso, sua brincadeira preferida.

Dos principezinhos George, Charlotte e Louis à nova geração de Kardashians, as celebridades-mirins internacionais também influenciaram e encantaram muitas crianças (e pais!) no Brasil. Confira nossa lista: 

Enrico

Quando completou 1 ano, em julho, o menino loiro e dos olhos azuis já havia ganhado milhares de curtidas nas fotos de suas festinhas de "mesversário" temáticas organizada por sua mãe, Karina.

De "cantina do Enrico" à festa na Grécia e filme da Disney, Enrico celebrou com fantasias, decoração, comidinhas -- tudo personalizado. 

Seu primeiro aniversário, claro, não sairia por menos: a família -- ele, a mãe e o padrasto, Amaury Nunes, com quem Karina se casou em novembro -- soprou as velhinhas em uma festinha temática inspirada na música "Aquarela", de Toquinho. 

Mas nem só com as festas o pequeno Enrico fez sua fama.

O menino, que nasceu por meio de uma fertilização in vitro feita em Miami, nos Estados Unidos, também fez sucesso em momentos de fofura cotidiana como suas primeiras palavras, a bagunça diária no café da manhã, um dia relax no spa, a hora da soneca e, claro, muitas viagens. 

As estripulias do filho de Karina Bacchi fizeram tanto sucesso que, em 2018, segundo levantamento da plataforma Baby Center, Enrico subiu 13 posições no ranking de nomes de bebê mais populares em relação ao ano passado.

Maria Flor 

A menina, de 3 anos, começou a aparecer (ainda mais) no Instagram de Deborah Secco quando descobriu sua brincadeira preferida: vestir fantasias

A lista é grande: em 2018, Maria Flor já "interpretou" Branca de Neve, Bela, do filme "A Bela e a Fera"o coelhinho da Páscoa, ?????uma sereia e até o Homem-Aranha.

Em seu terceiro aniversário, em dezembro, ela "resgatou" uma personagem da época de seus pais (Deborah e o ator Hugo Moura) e se vestiu de Emília, em uma festa temática do Sítio do Picapau Amarelo. 

Apesar de incentivar a filha na "carreira" de estrela das redes sociais, a mãe disse que quer uma infância normal para Maria. O motivo? Teme que a menina sofra preconceito por ser filha de famosa

Melinda e Teodoro 

"Quase gêmeos", segundo a mãe, Thais Fersoza, os dois filhos da atriz com Michel Teló são provavelmente os irmãos mais unidos (e sorridentes!) do mundo dos famosos. 

Não bastasse terem nascido com menos de um ano de diferença (o que levou a mãe a ter diástase abdominal), os dois são parceiros na bagunça e estão sempre usando roupinhas combinando

Nas redes sociais dos pais, Melinda e Teo aparecem em uma série de momentos cotidianos, como as brincadeiras na casa da árvore, o primeiro "mamãe" e as "aulas" de música com o pai cantor

North 

A filha de Kim Kardashian e Kanye West já provou ser uma versão "míni" da mãe -- principalmente quando o assunto é moda e beleza. 

A menina, que completou 5 anos em 2018, já estreou sua carreira de modelo, se arriscou nas maquiagens de Kim, "copiou" um modelito de Selena Gomez e até já escolheu uma roupa da mãe para usar quando crescer. 

Achou pouco? Em seu closet não faltam itens de luxo, como duas bolsas Alexander Wang avaliadas em 640 euros (valor equivalente a 3 mil reais) -- presentes do próprio estilista

Chicago, Stormi e True

Chicago é a filha caçula de Kim, enquanto Stormi e True são as primeiras filhas de Kylie Jenner e Khloé Kardashian, respectivamente. As três bebês do clã nasceram praticamente juntas, no primeiro semestre de 2018, e já causam bastante em grupo. 

Enquanto True é a verdadeira rainha dos acessórios com suas tiaras, chapéus e gorros, Chicago e Stormi "ganham" na categoria "luxo". As meninas já passearam em canguru grifado de 2,3 mil reais e têm os closets cheios de sapatinhos de marca

Juntas, as três já fizeram piquenique e até tiraram uma soneca enroladas em um cobertor Hermès cor-de-rosa. Veja: 

Madalena 

A primeira filha dos atores Yanna Lavigne e Bruno Gissoni completou 1 ano em 2018 e encanta os seguidores dos pais com seus looks estilosos

Além disso, protagoniza cenas fofíssimas como em seu batizado, tomando seu primeiro chimarrão e em um belo dia na piscina ao lado dos avós maternos

Seus pais, que se casaram quando ela tinha 1 ano, adoram "disputar" para descobrir com qual dos dois Madalena se parece mais.  

George, Charlotte e Louis

O nascimento do terceiro filho do príncipe William e de Kate Middleton, em abril, em nada ofuscou o brilho dos dois mais velhos: George, de 5 anos, e Charlotte, de 3 -- especialmente em um ano cheio de eventos na família real. 

No casamento do tio Harry comMeghan Markle, eles roubaram a cena com roupinhas de festa e uma série de caretas para fotógrafos.

A princesa Charlotte, a mais espontânea do trio, provou que já é uma rainha quando deu um "chega para lá" nos fotógrafos no batizado de Louis, levou um tombo com muita classe no casamento de Eugenie e foi eleita a personalidade real mais influente no mundo da moda

Achou pouco? Aos 3 anos, a menina fez história na igualdade de gênero e vale bilhões a mais que o irmão mais velho, futuro rei da Inglaterra. 

Zoe 

A filha de Sabrina Sato e Duda Nagle nasceu no fim de novembro, mas a "japinha" merece estar nesta lista graças à movimentação que sua chegada causou no mundo dos famosos. 

A "gravidez mais longa da história" terminou com a apresentadora inaugurando uma ala de parto humanizado em uma maternidade paulistana

Sabrina passou mais de 20 horas em trabalho de parto e teve de ser submetida a uma cesárea. Apesar disso, o pós-parto foi animado, cheio de visitas no hospital, mas com muitas restrições: nada de perfume ou fotos, por exemplo

Poe enquanto, os pais não publicaram fotos mostrando o rosto da menina -- segundo Sabrina, ela ainda tem "muita cara de joelho".