menu
Topo

Pausa

Pare, respire e olhe o mundo ao redor


Garoto com câncer recebe centenas de cartões de Natal de estranhos; entenda

Reprodução/Facebook
Jomari Bradley Imagem: Reprodução/Facebook

da Universa, em São Paulo

14/12/2018 16h07

2018 foi um ano difícil para Jomari Bradley. Com apenas 6 anos, o garoto de Cincinnati, no estado americano de Ohio, luta contra um câncer no cérebro.

No entanto, centenas de estranhos do mundo todo têm enviado para ele sua mensagem de força neste Natal.

As primeiras correspondências começaram a chegar em 3 de dezembro, alguns dias depois que seu tio, Waffers Brown, teve a ideia de pedir no Facebook que conhecidos e seguidores enviassem cartões natalinos ao menino para animá-lo.

"Ele já passou por muita coisa no último ano, tem sido muito difícil. Ele se submeteu a cirurgias e radioterapia, não podia ir à escola, fez inúmeras visitas ao hospital. Então o tio estava tentando alegrá-lo", explicou sua mãe, Doneshia Lee, à revista "People".

"Nós abrimos o [primeiro] cartão juntos. Ele também ganhou um presentinho com ele. Ele ficou tão feliz. No dia seguinte, mais 17 cartões chegaram, e no outro, 300! A cada dia, desde então, ele recebe de 250 a 300 cartões", contou ainda a mãe, que afirmou que o filho já recebeu cartões vindos até da Austrália.

"Ele ficou chocado, surpreso de um jeito bom porque não estava esperando por isso. Todo dia, vou à caixa de correio e ele pergunta: 'veio alguma correspondência pra mim?'. Eu fiquei muito feliz por sentir todo o amor e apoio. Há boas pessoas no mundo que dão força para ele. Isso me surpreende."

A mãe compartilhou fotos das pilhas de cartas na página do Facebook dedicada ao filho, "Prayers for Jomari Bradley" [Orações para Jomari Bradley, em tradução livre], que está no ar desde que ele foi diagnosticado com ependimoma anaplásico em agosto de 2017.

Desde o diagnóstico, o menino já passou por duas cirurgias no cérebro para retirada de tumores, duas outras para reduzir a pressão na região, além de tratamentos com radiação. Ele perdeu a audição em um dos ouvidos e faz terapia com fonoaudióloga.

Mais Pausa