menu
Topo

Violência contra a mulher


Letícia Colin conta que já sofreu assédio: "é uma revolta absoluta"

Reprodução/Instagram
Leticia Colin conversou com Julia Faria sobre o assédio de Silvio Santos à Claudia Leitte Imagem: Reprodução/Instagram

da Universa, em São Paulo

23/11/2018 13h01

Letícia Colin é a última famosa a admitir fazer parte das estatísticas de mulheres que sofreram assédio.

Em conversa com Julia Faria em um vídeo para o canal da influenciadora no Youtube publicado nesta sexta (23), a atriz relembrou o episódio ? que também disse ter demorado a compreender.

Veja também

"Eu fiquei muito irritada. Demorou um tempo para eu entender se tinha realmente acontecido, porque era uma coisa que não estava no meu dia a dia, não tinha um histórico, mas eu acho que a sensação é de uma raiva, uma revolta absoluta, aí você vai se ligando", contou.

"Quando você sente na pele, ou pela de uma amiga que é muito próxima é diferente de você ler ou pensar sobre", acredita.

Para Letícia, entender que a culpa não é da mulher assediada é um processo longo e complexo.

"É muito doente a nossa relação com a nossa sexualidade, dá a mulher sempre um lugar de vítima, de ser oprimida e a culpa sempre é nossa, a gente vai pastar um pouco para poder se libertar desse lugar de culpa. Eu falo, mas para mim também é difícil."

Ela ainda aproveitou para comentar o assédio sofrido por Claudia Leitte no palco do Teleton, quando Silvio Santos disse que a roupa da cantora poderia 'deixá-lo excitado'.

"Eu imagino o que a Cláudia passou ali, coitada! Toda a minha solidariedade a ela. É bizarro! Esse cara tem que saber que está muito errado o que ele fez, estamos em 2018 e é inadmissível", disse.

"Olha o nosso momento político. Eu acho que é chegar pra esses caras, com amor e precisão e dizer assim: 'Você tem a chance de mudar, você ainda não fez esse download e não se ligou que a vida é essa, vamos te explicar aqui'."

Confira a íntegra da discussão: