menu
Topo

Diversidade

Modelo Blac Chyna é criticada nas redes por promover creme embranquecedor

Getty Images
Blac Chyna Imagem: Getty Images

da Universa, em São Paulo

21/11/2018 09h38

Blac Chyna anunciou no sábado (19) que lançará uma coleção de cosméticos em parceria com a marca Whitenicious — entre eles, um creme com propriedades clareadoras que foi considerado uma ferramenta de 'embranquecimento' por usuários das redes sociais.

A modelo e mãe de Dream Kardashian, a sobrinha de apenas 2 anos de Kim, Khloé e Kourtney Kardashian, viajará para Lagos, na Nigéria, para promover o produto no domingo (25).

Veja também

Segundo a descrição em seu site oficial, o creme ajuda a "renovar a textura da pele, recuperar hidratação, proteger a pele do sol, reter a luminosidade, recuperar a firmeza e elasticidade", além de "iluminar e clarear a pele sem 'branqueá-la'".

No entanto, o lançamento foi considerado racista por parte da comunidade negra.

"Fiz um voto pessoal para mim mesma para evitar discutir com outras mulheres negras nas redes sociais, no entanto, Blac Chyna, você é uma idiota por causa disso. Como uma mulher negra e nigeriana, acredito que você seja vil por ser cúmplice de algo tão danoso. Cremes embranquecedores não são legais."

"Blac Chyna está indo para Lagos, na Nigéria, para promover um creme embranquecedor e eu estou honestamente enojada."

"Blac Chyna está vendendo creme embranquecedor na África? O mundo está mesmo do avesso, o triste é que as pessoas o comprarão."

"Por que a Blac Chyna está indo para Lagos para lançar e promover seu creme embranquecedor? Estamos lutando por amor próprio aqui e ela está literalmente cuspindo em nossos rostos. Estou para lá de enojada."

"Estão realmente trazendo a Blac Chyna pra vender creme embranquecedor para vocês em Lagos. Isto é realmente muito triste."

Um representante da modelo afirmou ao "TMZ" que Chyna usa a marca Whitenicious há anos para lidar com um problema de hiperpigmentação e que seu creme é indicado para homens e mulheres com todos os tipos de peles.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, 77% das mulheres nigerianas usam produtos para clarear a pele — o maior índice no mundo inteiro.