menu
Topo

Mães e filhos

Mãe foge de incêndio na Califórnia após parto e pede: "deixe-me para trás"

Reprodução/San Francisco Chronicle
Rachelle Sanders Imagem: Reprodução/San Francisco Chronicle

da Universa, em São Paulo

21/11/2018 13h39

Rachelle Sanders se viu na situação de escolher entre sua vida e a do filho recém-nascido, Lincoln, horas após sua chegada ao mundo, no dia 8 de novembro.

A mãe da cidade de Paradise, na Califórnia, uma das mais atingidas pelos incêndios, foi obrigada a deixar o Feather River Hospital antes que o fogo o tomasse. Com sua mobilidade comprometida pela cirurgia — seu parto foi um cesariana — ela temeu pela vida do bebê durante a fuga da família.

Veja também

Rachelle foi retirada do quarto e colocada em um carro por um funcionário do centro médico chamado David, contou ao jornal "San Francisco Chronicle". Ela conseguiu colocar, na última hora, uma máscara sobre a boca da criança, mas não encontrou uma para si mesma, que foi coberta apenas pela sua roupa.

Seus acessos intravenosos foram pendurados no espelho retrovisor do carro pelo funcionário, mas ela não conseguia usar o cinto de segurança por causa da cicatriz.

Consciente de que ela não poderia correr caso houvesse necessidade, já que ela não conseguia nem mesmo andar, pediu: "Se chegar a este ponto em que você tenha que correr, leve o bebê. Deixe-me para trás".

Rachelle e David conseguiram deixar a região sãos e salvos, no entanto, durante o trajeto de 32 km de carro que percorreram, a mãe passou frente à casa de sua família e descobriu que ela havia sido destruída pelo fogo.

"Eu não tinha certeza de que iria sobreviver. Não tinha certeza de que nenhum de nós sobreviveria. Foi muito, muito assustador", disse ela à "CNN".

Segundo o "The Chronicle", mãe e filho foram levados ao Enloe Medical Center em Chico, onde reencontraram o restante da família, que por enquanto continua sem endereço.