menu
Topo

Beleza

Sem filtro: elas abriram mão do protetor solar e usam alternativas naturais

Arquivo pessoal
Nayara Vital, 29, usa chapéu e lenço para se proteger do sol em vez de filtro Imagem: Arquivo pessoal

Natália Eiras

Da Universa

19/11/2018 04h00

Para os dermatologistas mais convencionais, sair de casa sem aplicar o filtro solar não é uma opção. De acordo com especialistas, o produto protege a pele dos raios UV, que causam o envelhecimento precoce e podem levar a um câncer. Estes não são argumentos válidos para algumas mulheres como a artesã Nayara Vital, 29, de São Paulo (SP) e a designer de joias Luciana Hakimian, 38, de São Paulo (SP). Há um movimento de pessoas que estão abrindo mão de usar o protetor solar e optando por alternativas mais naturais para se proteger do sol. “De qualquer jeito, estou arriscando a minha saúde. Se eu passo o filtro, também estou correndo o risco de ter câncer por causa dos componentes químicos dele”, diz Nayara.

Veja também:

A artesã decidiu tirar o protetor solar da necessaire quando mudou os hábitos de consumo ao se tornar vegetariana. Ela começou a investir mais em produtos naturais ou que não tivessem origem animal. “O filtro solar foi uma barreira que encontrei, porque eles usam componentes que eu não gostaria de consumir e eu queria usar coisas o mais in natura possível”, afirma Nayara. Assim, ela começou a procurar alternativas para o protetor. “Foi quando descobri que a semente de linhaça dourada germinada faz um gel que cria uma película na pele, agindo como um protetor físico. Trabalhei debaixo do sol de Miami e do Caribe mexicano usando o gel como filtro solar”.

A artesã também costuma se proteger com sangue de dragão, um óleo resina feita da seiva da árvore dragoeiro. Nayara ainda usa de “barreiras físicas” para se proteger do sol. Quando vai à praia ou à piscina, ela se equipa com chapéu ou lenço com proteção UV. No dia a dia, a jovem anda com uma sombrinha.

Arquivo pessoal
Luciana Hakimian, 38, usa máscara de abóbora antes de se expor ao sol Imagem: Arquivo pessoal

Luciana Hakimian, por sua vez, não tenta se esconder do sol. “Eu tenho uma vida que antes eu não tinha, não me privo de ficar no sol”, fala a designer de modas. Também motivada pelos componentes químicos do protetor solar, Luciana começou a fazer tratamento com a cosmetóloga Roseli Siqueira, esteticista de famosas como Cléo Pires e Izabel Goulart que é contra obsessão pelo produto. “Antes de tomar sol, uso por dias a máscara de abóbora feita por Roseli e bebo bastante água”, narra a designer. “Também não fico estirada que nem uma lagartixa no sol do meio-dia, mas não deixo de tomar o meu bronze”.

Tanto Nayara como Luciana dizem ter percebido que a pele criou uma certa resistência ao sol. “Não fico mais vermelha ou com marca de blusa”, fala a artesã. “Parece que a pele fica mais ‘grossa’, mais forte quando você toma o sol sem o filtro solar”, complementa a designer de joias.

O que dizem os especialistas?

A recomendação da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) é a de uso contínuo de protetor solar com FPS 30 ou superior. “Não é seguro deixar de usar o filtro, porque a incidência dos raios UV têm efeito acumulativo e pode causar surgimento de manchas e câncer”, diz a dermatologista Fernanda Junqueira, de São Paulo (SP). “Não há comprovação de eficácia de produtos naturais como protetores solares. Mas sabemos que os protetores que estão no mercado são muito seguros porque há pouca absorção pela pele, a química que existe no produto fica na superfície da pele e não chega à corrente sanguínea”, complementa a especialista.

A cosmetóloga e esteticista Roseli Siqueira diz, no entanto, que o uso contínuo do filtro solar pode interferir na absorção da vitamina D pelo corpo. “O protetor bloqueia a radiação que faz bem para a nossa pele”, afirma a especialista.

A deficiência de vitamina D é uma “polêmica” entre dermatologista e endocrinologistas. “Mas a absorção do nutriente a partir da luz do sol é muito pequena. Seria preciso tomar 15 minutos de sol diariamente. É mais fácil tomar suplemento de vitamina D em cápsulas”, explica Fernanda.