menu
Topo

Mães e filhos


Mães e filhos

Mãe desabafa sobre a maternidade: "Disse para minha filha que não a amava"

Reprodução/Kidspot
Imagem: Reprodução/Kidspot

Da Universa

19/11/2018 15h02

Por meio do Kidspost, plataforma que mães usam para dividir suas experiências, Loani Arman compartilhou um desabafo emocionante sobre a maternidade e as possíveis “falhas” as quais qualquer um que tenha um filho está vulnerável a cometer.

No texto, a escritora salientou a importância de se permitir errar nessa fase da vida, relembrando uma briga que teve com a filha, de 4 anos, em que elas disseram uma para a outra não se amarem, após a criança afirmar não querer tê-la como mãe.

Veja também

“Agora, eu entendo que deveria ser a pessoa superior nessas situações. Estar acima disso. Não retrucar. Manter a calma. Ser uma boa mãe. Respirar fundo. Liderar pelo exemplo. Então, o que eu disse em troca? ‘Bem, eu também não te amo’. Eu fui uma criança mal-humorada de quatro anos, presa no corpo de uma mãe de 39 anos de idade”, opinou.

Ao longo do texto, Loani comenta sobre como criar um filho pode ser “bagunçado, caótico, comovente, hilário e ridiculamente trabalhoso” e estar tudo bem, mesmo que seja dessa forma, já que ninguém nasce com o conhecimento necessário sobre como é ser mãe ou pai.

“Não se critique por ser falho como pai ou mãe. Você está simplesmente sendo um ser humano defeituoso e isso é normal. Criar uma criança é bagunçado, caótico, comovente, hilário e ridiculamente trabalhoso e ninguém é perfeito para isso. Como pais, só podemos fazer o nosso melhor para andar, correr, gritar, chorar, rir e amar a vida junto com nossos filhos. Nós não nascemos com um conhecimento de como fazer isso, então estamos aprendendo enquanto seguimos em frente. Se amamos e valorizamos nossos filhos, então, na maioria das vezes, nos saímos bem. Mas se acontecer de nós momentaneamente dizermos aos nossos filhos que não os amamos, tudo bem também”.