menu
Topo

Stalkeadas

Um olhar diferente - e xereta - sobre o que bomba nas redes sociais

Escritor "aconselha" homens sobre mulheres de cabelo pintado: "Afastem-se"

Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

Da Universa

19/11/2018 18h32

Em seu Twitter, Alexander J.A Cortes recentemente compartilhou sua opinião sobre mulheres com cabelo pintado e despertou a revolta de várias delas – e não só as com os fios tingidos.

Na publicação, o escritor, como ele se intitula no perfil, “aconselha” outros homens a se afastarem delas, usando  termos científicos para argumentar sua opinião.

Veja também:

“Cabelos com cores artificiais em mulheres é um aviso para se afastar. É um exemplo de aposematismo – fenômeno presente entre animais selvagens que alertam sobre sua toxicidade e letalidade”, opinou ele, que usou ainda o exemplo da bandeira vermelha como sinal de cautela.

Logo que fez a publicação, alguns de seus seguidores concordaram com o que Alexander dizia.

"Não tenho ideia de como mulheres acham que cabelo com cor de arco-íris atrai o homem. Por exemplo, conheço uma mulher que gastou uma grana para ficar assim, achando que estava gostosa. Muitas mulheres não entendem atração sexual masculina", disse um deles.

No entanto, como diz o ditado: "quem fala o que quer, ouve o que não quer", após a repercussão de sua fala diversas mulheres alegaram que a declaração era de cunho machista e uma delas, em especial, se destacou ao rebater o apontamento feito por ele.

“O aposematismo existe para afastar os predadores, não parceiros sexuais. Se você está sendo repelido por isso, é um sinal de que está funcionando”, escreveu Julie Grundy como resposta a outro tuite que apoiava o de Alexander.

O tuíte de Julia, que recebeu apoio de outras internautas, alcançou aproximadamente 10 mil curtidas, enquanto o de Alexander ganhou cerca de 5 mil.