menu
Topo

Sexo

Sem preliminares: mulheres contam 5 razões para não gostarem de "enrolação"

Getty Images
Falta de clima e pouca habilidade do parceiros são alguns dos motivos para ir direto ao ponto Imagem: Getty Images

Natália Eiras

Da Universa

17/11/2018 04h00

Sexo oral, masturbação e carícias? Para algumas mulheres, tudo isso é apenas enrolação que atrasa a atração principal da noite: a penetração. Além de gostarem da sensação do pênis dentro da vagina, há pessoas que preferem ir direto ao ponto por motivos que vão desde acreditar que elas não são práticas até pela falta de habilidade dos parceiros. A Universa conversou com algumas mulheres que explicam porque elas não gostam de preliminares:

Veja também: 

Pouca praticidade

Tempo é valioso, inclusive o que você usa na cama com o parceiro. A dona de casa Estela Camargo, 27, acabou de ter um bebê, então ela precisa aproveitar muito bem as sonecas do filho. “Se quisermos fazer algo, precisamos ser rápidos e as preliminares não são práticas”, explica. “É mais uma enrolação”. Porém, mesmo antes de ter o bebê, Estela não tinha muita paciência para a brincadeira das preliminares. “Nunca cheguei a pedir para pular, porque sexo é uma troca, mas sempre dei um jeito de apressar as coisas”, fala.

Falta de habilidade das pessoas

Para a funcionária pública Lorena, que prefere não revelar o sobrenome, 34, de Fortaleza (CE), foram os homens que a condicionaram a não gostar de preliminares. “A maioria parte dos homens é péssima em preliminares”, ri. Ela diz ter tido o "azar" de ter se relacionado com homens que não sabiam fazer carícias que surtissem efeitos. “Se é para perder tempo naquela tentativa frustrada de um momento gostoso, eu prefiro partir para a penetração que é a parte que eu gosto do sexo". 

Falta de clima

Pessoas ansiosas vão entender a publicitária Bárbara Albuquerque, de São Paulo (SP). A jovem diz sentir uma sensação de urgência pela penetração. “Eu acabo ficando afobada até conseguir que o cara penetre em mim”, fala. “As preliminares não surtem efeito em mim, fico incomodada. Às vezes até sinto cócegas”. Estela, que diz até gostar um pouco das preliminares, se identifica com a ansiedade de Bárbara. “Às vezes eu estou cheia de tesão, mas começa a brincadeira e me perco, fico distraída. Fico pensando no que tenho que fazer depois dali. Perco completamente o clima”, diz a dona de casa. “Eu toparia ter sexo só com penetração todos os dias, mas preliminares, não”.

Dá para fazer sozinha

Estela e Bárbara também concordam que boa parte do que rola nas preliminares dá para fazer sozinha. Penetração, não. “Masturbação é algo que posso ter a qualquer momento, não preciso que façam isso também durante o sexo”, afirma Estela. “Eu até tenho um vibrador, mas eu gosto de penetração com pênis”. Porém, mesmo que se masturbe, Bárbara ainda sente a necessidade de fazer o sexo com penetração. “Aí eu já peço para o cara para ‘me comer logo’”, ri.

Gostar mais da penetração

Considerar a penetração a parte mais importante da relação sexual faz com que estas mulheres não curtam tanto assim as preliminares. “Eu gosto muito da sensação, sentir o contato do pênis contra a minha musculatura pélvica, contra as paredes vaginais”, explica Lorena. Além de trazer uma sensação de alívio, Bárbara diz que a penetração renova as energias para o sexo. “Depois dela, sinto que potencializa a minha vontade, fico mais a fim, mais safada, segura”, admite a publicitária.