menu
Topo

Mães e filhos


Mães e filhos

"Titi pede um irmãozinho e Bruno quer ter cinco filhos", diz Gio Ewbank

Leo Franco/AgNews
Giovanna Ewbank Imagem: Leo Franco/AgNews

Carolina Martins

Colaboração para Universa

12/11/2018 16h31

Se depender do maridão Bruno Gagliasso e da filha Titi, de 5 anos, a família de Giovanna Ewbank deve aumentar em breve. 

"A Titi já está pedindo um irmãozinho e o Bruno quer ter pelo menos cinco filhos. Não sei quantos quero ter, mas já estamos pensando no próximo", conta a apresentadora em entrevista à Universa

Veja também

Casados há sete anos, Gagliasso e Ewbank adotaram Titi em 2015 e gostariam de voltar a seguir este caminho, mas também esperam ter um filho biológico. 

"Quero ter pelo menos mais um filho da barriga e mais um filho do coração", diz Giovanna. "Não pretendo programar. As coisas acontecem como Deus quer e, se tiver que vir, virá de um jeito ou de outro". 

De qualquer forma, a apresentadora pretende tirar o pé do acelerador em 2019. 

Este ano, ela dividiu a agenda entre as gravações de seu canal no Youtube, o "Na Cama", a apresentação do "Superbonita", do GNT, e do programa "No Paraíso com Gio Ewbank", que vai ao ar no verão no mesmo canal – além de campanhas publicitárias e empreendimentos ao lado do marido. 

"2018 foi enlouquecedor, quero desacelerar e ter mais tempo em família". 

Apesar de passar tanto tempo dedicada ao trabalho, Gio garante que não deixa a desejar quando o assunto é estar presente na vida da filha. 

"As gravações do canal acontecem em casa e, quando viajamos por muitos dias, carregamos ela conosco. Sempre tentamos conciliar a agenda dos três – porque a da Titi também é bem concorrida – para estarmos juntos", afirma. 

Verão em Noronha 

Apaixonados por Fernando de Noronha, em Pernambuco, Giovanna Ewbank nem cogita escolher outro destino para o final de ano em família. 

"Noronha é o refúgio da nossa família, é onde nos conectamos com a natureza. Nós frequentamos há mais de 10 anos, conhecemos todo mundo, não tem como ser diferente a viagem deste verão", diz. 

O Natal da família, que este ano foi marcada por conflitos políticos, será como o anterior: só os três, em Noronha – isso se Bruno conseguir folga das gravações de "O Sétimo Guardião". 

"Ele estava gravando ano passado e estará gravando agora também, mas queremos aproveitar o tempo livre para estarmos juntos", planeja.