menu
Topo

Mães e filhos


Mães e filhos

Filhos têm média de 1,300 fotos publicadas pelos pais em redes sociais

iStock
Celular criança Imagem: iStock

Da Universa

11/11/2018 18h30

É comum passear pela linha do tempo em redes sociais e se deparar com perfis de pais que postam dezenas de fotos do filho pequeno. Segundo uma instituição britânica especializada em infância, uma criança nascida nos dias hoje terá uma média de 1.300 fotos compartilhadas pelos pais na rede até os 13 anos de idade.

Veja também

Segundo o estudo da “Children Commissioner”, é preciso pensar no impacto sobre a privacidade da criança ao longo da vida. A instituição pública não consegue precisar como será este impacto, mas fez um alerta para que pais reflitam sobre o tema e para que empresas sejam mais transparentes na hora de coletar dados destas crianças ao longo da vida.

"No mínimo, as escolas precisam começar a educar seus alunos sobre a importância de guardar informações pessoais. As crianças e os pais precisam estar mais conscientes sobre o que eles compartilham e considerar as consequências disso. As empresas que criam aplicativos, brinquedos e outros produtos usados pelas crianças precisam parar de coletar dados e tornar transparentes termos e condições, em uma linguagem que os usuários consigam entender", sugere Anne Longfield, diretora da instituição.

Somando as fotografias tiradas pelos pais e pelo próprio filho na medida em que envelhece, a “Children Commissioner” calcula mais de 70 mil ‘pegadas digitais’.

As grandes redes sociais -- Facebook, Instagram, etc. -- pedem permissão aos usuários para coletar dados e veicular anúncios mais atraentes. Apesar disso, o órgão britânico alerta que a criança, bebê ou adolescente não permitiram ter as “pegadas digitais” analisadas por algoritmos.