menu
Topo

Diversidade

No Twitter, fãs acusam Anitta de oportunismo por beijar mulheres em clipe

Reprodução
Anitta beija 24 pessoas em novo clipe, entre elas várias mulheres Imagem: Reprodução

Da Universa

10/11/2018 14h32

Nesta sexta-feira (9), Anitta lançou três clipes de seu novo EP "Solo". Lançado entre eles, o vídeo de "Não Perco Meu Tempo" fez a cantora ser acusada de oportunismo por pessoas no Twitter por explorar o público LGBTQ. 

Veja também:

É que, no clipe, a artista faz uma espécie de beijaço e troca carícias com 24 pessoas diferentes, entre elas várias mulheres. No entanto, Anitta hesita em deixar claro o seu posicionamento político em relação à população LGBTQ. Por isso, ativistas costumam acusar a cantora de oportunismo por se aproveitar do "pink  money", como é chamado o dinheiro que vem do público gay, sem abraçar as causas políticas desta população. 

A discussão nasceu quando Anitta hesitou a aderir ao movimento #EleNão, contra o candidato eleito presidente Jair Bolsonaro. Após ser bastante pressionada pelos fãs, a artista demonstrou apoio aparentemente a contragosto e disse ser bissexual. Assim, fãs estariam dizendo que Anitta está fazendo "um esforço" para provar que também se relaciona com mulheres. 

Veja o que estão falando no Twitter: