menu
Topo

Universa

Rainha deve permitir nome "diferente" para bebê de Meghan Markle, diz site

Getty Images
A rainha Elizabeth com Meghan, a duquesa de Sussex, em seu primeiro compromisso oficial em Cheshire, na Inglaterra Imagem: Getty Images

Da Universa

07/11/2018 11h13

Desde que príncipe Harry e Meghan Markle anunciaram a gravidez, o público não para de especular qual será o nome do novo bebê real -- nas casas de aposta da Inglaterra, Diana, Alice e Arthur são os maiores palpites. 

Mas, de acordo com a "Vogue" australiana, pode ser que a criança não receba um nome assim tão tradicional. 

Veja também

A revista explicou que, como o bebê será o sétimo na linha de sucessão ao trono e praticamente não tem chances de ser monarca um dia, a rainha Elizabeth deve permitir que seus pais tenham mais liberdade para escolher seu nome. 

"Quanto mais abaixo na linha de sucessão, maior a probabilidade de você ter um nome mais exclusivo ou não tradicional”, disse Carolyn Harris, biógrafa real. 

Durante passagem pela Austrália ao lado de Meghan, Harry deixou escapar uma "pista" sobre o nome do bebê -- e a alcunha realmente não é muito tradicional. 

William e Kate, que são pais do futuro rei e da futura princesa real da Inglaterra, tiveram que escolher nomes mais tradicionais, inspirados em outros monarcas ou membros da família real.

George, por exemplo, foi o nome escolhido pelo pai e pelo avô da rainha, George 5º e George 6º, quando se tornaram reis. E Charlotte, por sua vez,  carrega como segundo nome uma homenagem à bisavó, Elizabeth. 

Exemplos de nomes mais moderninhos dentro da família real são Beatrice, filha do príncipe Andrew, e Zara, filha da princesa Anne -- as netas da rainha ocupam a oitava e a décima sétima posições na fila do trono, respectivamente. 

Errata: o texto foi atualizado
07/11/2018 às 14h55
Diferente do que informamos antes, a princesa Beatrice é filha do príncipe Andrew, não do príncipe Edward

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa