menu
Topo

Violência contra a mulher

"Biel me enganou direitinho e jogava minha filha contra mim", diz ex-sogra

Reprodução/Instagram/thedudacastro
Biel com sua ex, a modelo Duda Castro, no começo do namoro Imagem: Reprodução/Instagram/thedudacastro

Lucas Vasconcellos

Colaboração para Universa

07/11/2018 13h36

Na terça (6), a Justiça brasileira determinou que Biel mantenha distância de 200 metros da ex-mulher, a modelo brasileira Duda Castro. A sentença foi proferida pelo juiz Fabio Pando de Matos, do Tribunal de Justiça de São Paulo. A medida protetiva de urgência é baseada na Lei Maria da Penha, já que, entre outras acusações, Duda afirma ter sido agredida várias vezes pelo ex. O cantor também diz que a modelo o agrediu.

“Essa decisão significa que a Duda ficará mais segura de qualquer aproximação do Biel, de qualquer tentativa que ele possa ter de contato com ela para convencê-la a retirar as queixas, chantagear ou machucá-la fisicamente”, declara a advogada dela, Maristela Basso.

Veja também

A sentença também proíbe Biel de contatar Duda por qualquer outro meio, como redes sociais, por exemplo, e vale também para o território dos Estados Unidos. Procurada pela reportagem, a assessoria do cantor disse que não o atende mais. Ele não atendeu as várias ligações telefônicas feitas por Universa para saber qual sua posição sobre o andamento do processo. Em suas redes sociais, faz apenas posts sobre os novos passos de sua carreira, agora em inglês, e as idas à academia.

Pressão para casar

Por questões envolvendo os processos, Duda Castro não pode se pronunciar. Universa conversou com a mãe da modelo, Lysandra Soares, que diz que desde o início a relação foi muito rápida e houve muita pressão do cantor. “Ele chegou em Los Angeles (EUA) para conhecer a Duda e já levou um anel de noivado. Nós não tínhamos como reprovar uma relação de adultos, mas instruímos que ela fosse devagar, desse tempo ao tempo. A pressão dele sempre foi muito forte para que tudo se acertasse rapidamente. Independentemente disso, esperava que a relação trouxesse para ela respeito, companheirismo e amor de verdade”.

Perguntada sobre como o genro tratava os familiares, a mãe da modelo diz que o músico conseguiu enganar a todos direitinho no início, já que ele é bom com palavras. Tudo mudou quando Duda veio ao Brasil, em março de 2017, para o aniversário de Biel em São Paulo. De acordo com Lysandra, foi no evento que, motivado por ciúme, a filha foi agredida pela primeira vez. Ela ainda afirma que no mesmo evento o cantor mandou o segurança agredir três rapazes.

A ex-sogra do cantor afirma que o episódio foi derradeiro e, após tudo isso, não quis mais que os dois se relacionassem. “Me lembro de ele tentar colocar nós contra minha filha e vice-versa inúmeras vezes. Mas pelo fato de morarmos em outro estado, não tínhamos ciência da gravidade do que ela estava vivendo. Minha filha poderia estar morta hoje”.

“Não temos paz”

Depois que Biel mudou para Los Angeles para viver com Duda Castro, Lysandra relata que esteve com ela cinco ou seis vezes para dar suporte as angústias que a filha vinha vivendo. Só que o músico sempre convencia a modelo a perdoá-lo, dizendo que estava estressado, preocupado com a carreira e longe dos amigos.

Ainda que Duda e Biel estejam separados, Lysandra afirma que a família não tem paz, devido a ameaças diretas ou indiretas, sofridas por meio de redes sociais. “Ele manipula um grupo de crianças que fazem parte do fã-clube dele, instigando o ódio contra Duda e a favor dele”, diz.

Hoje a família de Duda está em Los Angeles, ajudando a moça a se recuperar, inclusive financeiramente. A medida protetiva é vista com alegria pela mãe, contudo, ela conta ainda temer pela vida da filha.

O que Duda quer

“A batalha da minha cliente contra o ex é defensiva contra as acusações que ele fez contra ela nos Estados Unidos. Hoje, ela enfrenta ações na esfera criminal no país e corre o risco de ser presa e perder o Green Card. Também não pode viajar ou trabalhar, já que os documentos estão sob poder da Justiça”, conta Maristela.

Nos EUA, Duda é acusada de agredir o próprio Biel e três mulheres que, segundo sua defesa, foram chamadas pelo cantor para provocá-la. Ainda de acordo com Maristela, os planos da modelo são voltar para o Brasil para se restabelecer psicologicamente e também fisicamente, já que em uma das cenas de violência que teve com o músico, uma das próteses de silicone estourou. 

“Eu espero que a justiça seja feita, pois estamos falando de uma pessoa que está solta na sociedade, já com uma condenação e sendo acusado de agredir mais de seis mulheres diferentes”, completa Lysandra.

Escândalo após escândalo

Em 2016, o cantor Biel viu a carreira em ascensão minar depois de se envolver em uma polêmica. Na época, durante uma entrevista, ele chamou uma repórter de “gostosinha” e afirmou que “a quebraria no meio” se mantivessem relações sexuais. Um pedido de desculpas e alguns erros envolvendo o mesmo caso depois, Biel anunciou uma pausa na carreira e se mudou para os Estados Unidos.

No país, começou a namorar (e casou) com a modelo brasileira Duda Castro. Depois de pouco mais de um ano, se separaram. Na ocasião, Duda acusou Biel de agredi-la física e psicologicamente. Disse também que o cantor a usou para conseguir o visto de permanência norte-americano (Duda possui um Green Card). O caso foi parar nas Justiças do Brasil e Estados Unidos, com denúncias dos dois lados.