menu
Topo

Mães e filhos

Quase todos os apps voltados para crianças têm propagandas, diz estudo

iStock
Imagem: iStock

Da Universa

04/11/2018 10h30

Cada vez mais inseridas no universo virtual, bebês e crianças correm risco de terem contato com propagandas com métodos "manipuladores" em 95% dos aplicativos disponíveis em smartphones e tablets - e 100% dos apps gratuitos.

A conclusão é de um estudo da University of Michigan Medical School e foi publicado no Journal of Developmental & Behavioral Pediatrics no fim de outubro.

Veja também

Segundo Jenny Radesky, uma das estudiosas da pesquisa, a prevalência dos anúncios de conteúdo que distrai e manipula crianças de um a 5 anos. Em um primeiro momento, foram analisados 39 aplicativos usados nesta faixa etária e depois os 96 mais instalados pelas crianças. 

As crianças são expostas a todo tipo de abordagem, como interação com desenhos e brinquedos, pop-ups, conteúdo fechado, entre outros. Nos Estados Unidos, a recomendação é a proibição de todo e qualquer anúncio em aplicativos direcionados a crianças menores de 5 anos. 

Os estudiosos, no entanto, além de defenderem uma maior regulação por parte do governo, pedem que os pais fiquem atentos e políticas de marketing mais sensatas das empresas que desenvolvem os apps.