menu
Topo

Autoestima


Avião cor-de-rosa faz homenagem para mulheres com câncer de mama

Divulgação
O grupo de mulheres da Azul que venceu o câncer de mama; elas viajaram para Toulouse para 'buscar' avião cor-de-rosa Imagem: Divulgação

Da Universa, em Toulouse

18/10/2018 11h06

Em um avião cor-de-rosa, sete mulheres admiravam o azul do Atlântico que passava abaixo. A viagem de três dias havia sido um presente da companhia aérea em que trabalham -- e aquele voo não foi por acaso.

Cada uma das passageiras foi diagnosticada com câncer de mama. Nos anos anteriores, elas viveram sob cirurgias, quimioterapias ou radiografias. Algumas já venceram, outras ainda prestes a vencer o que é o segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo.

Veja também

Não à toa, são chamadas de “vitoriosas da Azul”, em referência ao nome da linha área em que trabalham. Entre elas, estão uma executiva, uma comissária, uma coordenadora em Segurança do Trabalho, duas operadoras de call center, uma atendente de aeroporto e uma despachante de voo.

Como homenagem, viajaram a bordo de um Airbus A320neo, pintado exclusivamente na cor-de-rosa como parte da campanha Outubro Rosa da Azul. Todas foram convidadas para "retirar o presente" de última geração direto da fábrica em Toulouse, no sul da França. A cidade também é conhecida como a “cidade rosa”, por seus prédios históricos e charmosos construídos com tijolos rosados. A aeronave se junta à frota da companhia para dar ainda mais visibilidade a essa causa.

Divulgação
O modelo Airbus 320neo, montado na cidade 'rosa' de Toulouse e entregue para a linha aérea brasileira Imagem: Divulgação

A atendente de aeroporto Simone da Rosa, 39, foi uma das homenageadas. Neste ano, ela já está nas etapas finais de seu tratamento. “No dia em que recebi o diagnóstico, saí do hospital e os semáforos, as luzes, pareciam todas embaralhadas. Conversei com meu marido, e a ficha dele pareceu não ter caído. Mas nunca me passou pela cabeça que iria morrer. Encarei e fui seguindo o que minha médica me indicava”, relembra.

Segundo tipo de câncer mais comum no país

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), 60 mil casos de câncer de mama devem ser diagnosticados no Brasil até o fim deste ano. Ainda que afete homem e mulher, 99% dos casos são com mulheres. O Inca calcula que mais de 14 mil mortes no país foram causadas pelo câncer de mama em 2013, último ano do levantamento nacional.

Prevenção e cuidados

As histórias de Simone e suas seis colegas são recontadas em voos da empresa. As vencedoras aparecem em um vídeo gravado sobre a prevenção e detecção precoce do câncer de mama, exibido nas telas de bordo durante todo o mês de outubro.

A Azul também está oferecendo, durante o mês de outubro, transporte para várias pacientes diagnosticadas com a doença - e que precisam se deslocar até o Hospital do Amor, em Barretos. O projeto deve beneficiar cerca de 60 mulheres de cinco estados do país.

Superação

Jussara Fatima da Silva tomou medicação contra o câncer por cinco anos. Sete anos após o primeiro diagnóstico - e sessões de radioterapia e quimioterapia depois - a coordenadora em segurança do trabalho está curada.

“A vida é uma caixinha de surpresa, todo dia que a gente acorda e abre essa caixinha a gente pode ver flores ou espinhos. Quando vemos flores, temos que aproveitar todos os segundos de felicidade”, conclui Jussara.