menu
Topo

Moda

Kim Kardashian surge com anéis de R$ 1,8 milhão e adota medida de segurança

Getty Images
Kim Kardashian Imagem: Getty Images

Da Universa

10/10/2018 13h09

Desde que ficou horas sob a mira de um revólver e teve joias de 10 milhões de dólares (40 milhões de reais) roubados durante a Paris Fashion Week de 2016, Kim  Kardashian tem evitado usar joias extravagantes em público. 

Na noite de terça-feira (9), ela quebrou essa regra e apareceu no tapete vermelho da Tiffany Blue Book Collection, em Nova York, usando joias milionárias – mas não sem tomar medidas de segurança!

Veja também

"Vejam essas joias que eu peguei emprestadas. Carrego seguranças comigo e deixo de usar as peças no final da festa", esclareceu a milionária de 37 anos em vídeo publicado no Instagram Stories. 

O colar, uma gargantilha com águas-marinhas de 26 quilates e design inspirado no skyline de Nova York, foi usado com um conjunto de sete anéis de diamantes – tudo da Tiffany&Co. 

Getty Images
Imagem: Getty Images

Getty Images
Imagem: Getty Images

Só os anéis, juntos, somam mais de 460 mil dólares (valor equivalente a 1,8 milhão de reais). O mais caro deles, de platina com diamantes, custa 218 mil dólares (872 mil reais). 

O colar, por sua vez, não teve o preço divulgado pela grife -- peças semelhantes custam a partir de sete dígitos. 

Roubo

Kim Kardashian continua fazendo a exótica na hora de escolher o look do dia, mas depois do roubo, em 2016, Kim Kardashian e sua família diminuíram o estilo "ostentação" ao qual sempre foram adeptos. 

Em entrevista ao "Ellen DeGeneres Show" em 2017, Kim explicou: "Eu era mais materialista antes. Estou tão feliz que meus filhos estão comigo que eu não me importo mais com essas coisas, eu realmente não me importo". 

De acordo com a "People", a mãe de três não guarda mais joias em sua casa e trocou a aliança que usava com Kanye West, um anel de diamantes enorme, por uma peça bem mais discreta. 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!