menu
Topo

Política

Em jogo violento, Bolsonaro espanca mulheres, negros e gays

Divulgação/BS Studios
Em "Bolsomito 2K18", candidato a presidente espanca e mata opositores Imagem: Divulgação/BS Studios

Da Universa

08/10/2018 18h52

No jogo "Bolsomito 2K18", o candidato à presidência Jair Bolsonaro, do PSL, espanca feministas, negros, gays e militantes de esquerda. "Derrote os demônios comunistas neste jogo politicamente incorreto e seja o herói que livrará um país da miséria", diz a descrição do game criado pelo BS Studios. 

Veja também

Muito parecido com os jogos de fliperama em 2D, a produção coloca o jogador no papel de Bolsonaro, que deve "eliminar" opositores que incluem integrantes da comunidade LGBTQI+, black blocs, políticos de esquerda e entre outros. "Esteja preparado para enfrentar os mais diferentes tipos de inimigos que pretendem instaurar uma ditadura ideológica criminosa no país. Muita porrada e boas risadas", continua a descrição do game em uma plataforma de jogos.

Na página da produção, jogadores comentaram mostrando apoio ao candidato, manifestando-se com jargões como "Ele Sim". Em contrapartida, militantes opositores ao candidato estão se organizando para denunciar o jogo ao Steam, em uma tentativa de derrubá-lo da plataforma de venda de jogos. 

A Universa entrou em contato com o BS Studios, mas a equipe disse que não está interessada em dar entrevistas. 

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!