menu
Topo

Papo de vagina

Como o pompoarismo pode melhorar a sua vida sexual

iStock
Pompoarismo ajuda na libido e aumenta a lubrificação da vagina Imagem: iStock

Talyta Vespa

Da Universa

22/09/2018 04h00

Você pensa na sua vagina com frequência ou só na hora de tomar banho e transar? A fisioterapeuta e especialista em sexualidade Márcia Oliveira garante que, normalmente, as mulheres só lembram nessas duas ocasiões.

E o problema de não dar tanta atenção assim à companheira é que isso pode afetar diretamente a sexualidade. Marcia explica: “Se o músculo da vagina ficar o tempo todo em repouso, menos na hora do sexo, ele perde rigidez, fazendo com que a mulher tenha mais dificuldade em se lubrificar e de sentir o atrito dela com o pênis”.

Veja também

Para cuidar da própria pepeca, a fisioterapeuta recomenda 15 minutos de pompoarismo por dia. “Em um mês e meio, os resultados já começam a aparecer”, conta.

"Para começar, contraia a vagina por seis segundos, tomando cuidado para que músculos de glúteos, coxa e abdômen não se contraiam também. Passados os seis segundos, relaxe a musculatura por mais seis. Repita essa sequência dez vezes. Depois, inicie as contrações curtas: mantenha a musculatura contraída por um segundo e relaxe. Repita 15 vezes”, explica.

Benefícios do pompoarismo para a vida sexual

Diminui a flacidez vaginal

Uma vagina flácida tem dificuldade de sentir o atrito com pênis na hora da penetração. “É como se ele ficasse sambando dentro do canal vaginal”, explica Marcia. “A flacidez é uma das causadoras dos flatos vaginais durante o sexo. Acontece, principalmente, com mulheres que entraram na menopausa, quando os músculos estão naturalmente menos rígidos”.

O pompoarismo tonifica a musculatura de toda a vagina, aumentando o contato entre ela e o pênis e tornando a relação sexual mais prazerosa.

Fica mais apertada

Ao aumentar e melhorar a qualidade muscular, a mulher ganha força para conseguir apertar o pênis do parceiro, ao contrair a vagina, o que dá a sensação de ela ser mais apertada.

“O orgasmo feminino se torna fisicamente prazeroso para o homem. Quando a mulher goza, a vagina contrai e vibra no pênis do parceiro de modo que ele não consegue segurar a ejaculação”, explica a especialista. De acordo com Marcia, o processo é biológico e existe para a procriação da espécie.

Aumenta a libido e a lubrificação

Com o pompoarismo, segundo a fisioterapeuta, o canal vaginal é preenchido com mais sangue. Por isso, a pepeca fica mais aquecida, sensível e lubrificada. “As terminações nervosas aumentam quando o músculo é estimulado. Desta forma, a mulher fica excitada mais facilmente”.

“O cérebro é o principal órgão sexual de uma mulher. Ela precisa estar conectada ao momento, e não com a cabeça em outros lugares. E o pompoarismo auxilia, inclusive, na parte mental. A mulher acaba precisando de menos estímulos e consegue se concentrar com mais facilidade ao momento”.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!