menu
Topo

Transforma

Mulheres protagonizam um mundo em evolução

Após polêmica, loja para de vender fantasia "sexy" de "The Handmaid's Tale"

Reprodução
Imagem: Reprodução

Da Universa

21/09/2018 14h48

Na última quinta-feira (20), a marca Yandy foi alvo de várias críticas por disponibilizar uma fantasia “sexy” da série “The Handmaid’s Tale” para o Halloween, comemorado no dia 31 de outubro.

A peça, que fazia parte do “catálogo sexy” do site, teve suas vendas suspensas depois que vários internautas alegarem que o traje romantizava o estupro fictício tratado na trama.

Veja também

Reprodução
Imagem: Reprodução

Em um comunicado sobre a decisão, a Yandy reforçou o empoderamento feminino como uma de suas ideologias corporativas.

“A Yandy sempre se manteve e continuará a incentivar seus clientes a ‘abraçar sua sensualidade’. Apoiamos nossos clientes a estarem confortáveis consigo mesmo, independentemente de quem eles são ou escolheram para vestir. Nossa ideologia corporativa está enraizada no empoderamento feminino e no empoderamento de gênero em geral.”

A marca afirma ainda ter ciência da repercussão da fantasia nas redes sociais e que seu intuito era “testemunhar seu uso como poderosa imagem em protestos”.

“Nas últimas horas, ficou óbvio que o nosso traje está sendo visto como um símbolo de opressão as mulheres. Isso é lamentável, por ter entregado essa mensagem em vez do empoderamento das mesmas. Nossa inspiração inicial foi criar a peça para testemunhar seu uso nos últimos meses como uma poderosa imagem de protesto. Dada a sincera resposta, apoiada por inúmeras histórias que recebemos, estamos removendo a fantasia do nosso site”, concluiu.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Transforma