menu
Topo

Direitos da mulher

Facebook é denunciado por discriminar mulheres em anúncios de emprego

Da Universa

20/09/2018 19h02

O Facebook está enfrentando uma denúncia nos Estados Unidos porque estaria discriminando mulheres em seus anúncios de vaga de emprego.

A ação afirma que a rede social estaria usando ferramentas para filtrar vagas. Ou seja, as áreas consideradas "tipicamente masculinas", como construção e programação de softwares, não estariam sendo exibidas às mulheres.

Veja também 

Preenchido pela American Civil Liberties Union (ACLU), o protocolo foi movido por três norte-americanas e tem como base a violação dos direitos civis federais; visto que, nos Estados Unidos, usar critérios de gêneros e idade é algo proibido por lei.

“Ativado por plataformas de mídia social como Facebook, os anunciantes estão usando cada vez mais dados pessoais dos usuários para direcionar seus anúncios – incluindo empregos – para usuários individuais, com base em características como sexo, raça e idade, impedindo que usuários fora dos grupos selecionados saibam sobre essas oportunidades”, informou a ACLU em seu blog.

Em um comunicado enviado à “CNN Money”, o Facebook afirmou que não há discriminação e “reforça o sistema para evitar qualquer equívoco”. Outras nove empresas deverão passar pela mesma investigação pelo direcionamento de vagas.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!