menu
Topo

Transforma

Mulheres protagonizam um mundo em evolução


Criaram uma fantasia "sexy" de "The Handmaid's Tale" e a web se revoltou

Reprodução
Imagem: Reprodução

Da Universa

2018-09-20T21:25:56

20/09/2018 21h25

O Halloween é uma época sagrada nos Estados Unidos. As pessoas se organizam para fazer festa, comprar os doces e preparar a fantasia.

E todo ano uma novidade surge, com referência naquilo que está bombando. E em 2018, aproveitando o sucesso contínuo da série “The Handmaid’s Tale: O Conto da Aia”, que estreou em 2017, a marca Yandy lançou um traje inspirado na trama.

Veja também

No site oficial da marca, a fantasia é descrita da seguinte maneira:

“Em um futuro distópico perturbador as mulheres não têm mais voz. No entanto, nós dizemos ‘seja ousada e fale o que pense’ nessa roupa exclusiva da Brave Red Maiden, com um minivestido, um manto com um capuz e um chapéu branco. Trajes sensuais de Halloween estão incluídos nas categorias marcadas.”

Reprodução
Imagem: Reprodução

A fantasia provocou revolta nas redes sociais por “sexualizar” o traje, que serve como símbolo para diversas manifestações de movimentos feministas ao redor do mundo, como nos Estados Unidos, Argentina e no Brasil.

(Aqui vale uma breve sinopse de “The Handmaid’s Tale”: em um futuro distópico, as taxas de fertilidade são baixas a ponto de um governo totalitário recrutar mulheres que ainda são capazes de engravidar a servirem como “barrigas de aluguel”, de maneira forçada, aos “mestres masculinos”; por meio de estupros ritualizados.)

Veja algumas das reações causadas pela fantasia:

"Não há nada de "aventuras sexy de Halloween" no estupro e carregamento forçado de crianças"

"Me desculpe, mas quem decidiu que 'Handmaid's Tale sexy' poderia ser uma fantasia de Halloween?"

"Hoje: fantasia sexy de Handmaid's Tale. Amanhã: aquecimento global sexy".

Mais Transforma